Livro acessível
0
Carrinho
Catálogo / Companhia das Letras / NARRATIVAS DO ESPÓLIO
Clique para ampliar
Companhia das Letras
NARRATIVAS DO ESPÓLIO
Tradução: Modesto Carone
#NARRATIVASDOESPOLIO
Kafka publicou apenas um sexto de sua produção. O restante - inclusive estes 31 textos - ficou aos cuidados do amigo e testamenteiro Max Brod, que se recusou a atender ao pedido do autor para queimá-la. Encontram-se aqui obras-primas da ficção mundial, no estilo exato e poético do artista de O castelo.
Apresentação
O escritor tcheco Franz Kafka viu apenas a sexta parte de toda a sua produção ficcional ser publicada. Pouco antes de morrer, confiou sua herança artística ao amigo e testamenteiro Max Brod. As instruções do escritor eram claras: destruir toda a sua ficção impressa (exceto o livro Contemplação), seus artigos publicados em jornal e também seus manuscritos. Brod não atendeu a essas exigências e, graças ao seu empenho em preservar os escritos do amigo, hoje conhecemos uma das mais importantes realizações literárias do século XX.As obras do espólio começaram a vir à luz com a publicação dos grandes romances: O processo, O castelo e América (hoje O desaparecido). Vieram em seguida, a partir de 1931, as Narrativas do espólio, selecionadas por Brod entre as que lhe pareciam resolvidas formalmente. O volume reúne 31 textos diversos, que variam de tamanho e de feição - o termo "narrativas" era empregado pelo escritor para designar textos que iam da fábula ao aforismo, da reflexão à paródia, do épico à ficção crítica. Como afirma o tradutor Modesto Carone no posfácio, as narrativas curtas que constituem o volume não apenas estão no mesmo nível dos grandes romances kafkianos, como O processo e O castelo, como "garantiriam a Kafka, por si sós, um lugar privilegiado na literatura mundial".
Ficha Técnica
Título original: NARRATIVAS DO ESPÓLIO
Tradução: Modesto Carone
Páginas: 232
Formato: 14.00 X 21.00 cm
Peso: 0.294 kg
Acabamento: Brochura
Lançamento: 11/06/2002
ISBN: 9788535902495
Selo: Companhia das Letras
Autor
Comentários

Deixe seu comentário

Você deve estar logado para comentar
Faça seu login

Assine a newsletter da Companhia