Títulos / Companhia das Letras / BARROCO TROPICAL
#BARROCOTROPICAL
Luanda, 2020. Uma mulher cai do céu diante de um escritor e sua amante. Em torno desse evento insólito, José Eduardo Agualusa traça um retrato hiper-realista de uma Angola em que as tradições arcaicas convivem com uma torta modernidade.
Apresentação
Estreia de um dos mais aclamados escritores de língua portuguesa da atualidade na Companhia das Letras, Barroco tropical é um livro ambicioso, de grande fôlego e densidade. A ação se passa em Luanda no ano de 2020 e é narrada alternadamente pelo escritor Bartolomeu Falcato e pela cantora Kianda, sua amante. Os dois testemunham juntos um fato insólito, a queda de uma mulher - literalmente - do céu. A mulher em questão é uma modelo e ex-miss que frequentou a cama de políticos e empresários de expressão, o que a tornou uma figura incômoda para o establishment.
Numa narrativa que avança e recua livremente no tempo e que se desloca entre a África, a Europa e o Brasil, Agualusa traça um retrato vivo e pulsante da sociedade angolana atual, onde as tradições ancestrais convivem de modo nem sempre pacífico com uma modernidade mal assimilada. Essas contradições estão sintetizadas no prédio onde mora o escritor Falcato, a Termiteira, futurística torre de sessenta andares, o maior edifício do continente, que não terminou de ser construído e já está em ruínas, abrigando os ricos nos andares superiores e a ralé social e criminal no subsolo.
Mães de santo e curandeiros convivem nestas páginas com figurinistas de fama internacional, empresários da aviação, militares golpistas e traficantes de drogas e de armas.
Romance generoso e exuberante, cheio de personagens pitorescos, Barroco tropical reflete desde o título o que Agualusa identificou em seu país como "uma certa cultura do excesso, quer na maneira de as pessoas se divertirem, quer na maneira de demonstrarem o sentimento e a dor".
O insólito está sempre presente, mas intimamente entrelaçado ao prosaico e ao cotidiano, pois, como declarou o autor, referindo-se a Angola, Portugal e Brasil, "nos nossos países a realidade tende a ser muito mais inverossímil do que a ficção".
Ficha Técnica
Título original: BARROCO TROPICAL
Capa: Elisa von Randow
Páginas: 352
Formato: 14.00 x 21.00 cm
Peso: 0.440 kg
Acabamento: Brochura
Lançamento: 23/11/2009
ISBN: 9788535915693
Selo: Companhia das Letras
Autor
Recomendação
Socorro Acioli
O Agualusa é um dos meus autores contemporâneos preferidos e o Barroco Tropical é uma obra prima. O livro começa com o caso de uma mulher que cai do céu e desenvolve-se com maestria entre o insólito e a dura realidade de um grupo que vive à margem do mundo, em Luanda. Esse prédio inacabado e arruinado onde a estória acontece poderia ser pensado como metáfora do que são inúmeras partes pobres do nosso planeta, pedaços do nordeste do Brasil, tão parecidos com pedaços de Luanda, por exemplo. Agualusa é mestre na linguagem e no enredo e por isso recomendo fortemente o Barroco Tropical.
Faça seu cadastro no Grupo Companhia das Letras e personalize sua experiência


Grupo Companhia das Letras

Editora Schwarcz S.A. - São Paulo
Rua Bandeira Paulista, 702, cj. 32
04532-002 - São Paulo - SP
Telefone: 11 3707-3500
Fax: 11 3707-3501
Editora Schwarcz S.A. - Rio de Janeiro
Praça Floriano, 19, sala 3001
20031-050 - Rio de Janeiro - RJ
Telefone: 21 3993-7510
Todos os direitos reservados 2017