Home | Livros | Companhia das Letras | DEZ DECISÕES QUE MUDARAM O MUNDO
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

DEZ DECISÕES QUE MUDARAM O MUNDO

Ian Kershaw
Tradução: Celso Mauro Paciornik, Berilo Vargas, Fernanda Abreu e Clóvis Marques

Apresentação

Dez decisões que mudaram o mundo, tomadas entre maio de 1940 e dezembro de 1941 por grandes líderes mundiais como Hitler, Stálin, Churchill e Roosevelt; eis o ponto de partida desta análise original sobre a Segunda Guerra Mundial e sobre suas conseqüências na cena contemporânea.

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

De volta do inferno

Ian Kershaw

R$ 119,90

Companhia das Letras

O fim do terceiro reich

Ian Kershaw

R$ 119,90

Companhia das Letras

Alemanha 1945

Richard Bessel

R$ 79,90

Indisponível

Companhia das Letras

Capitães da areia

Jorge Amado

R$ 62,91

Companhia das Letras

Carisma e poder

Ian Kershaw

R$ 149,90

Companhia das Letras

Burocracia e sociedade no Brasil colonial

Stuart B. Schwartz

R$ 84,90

Indisponível

Companhia das Letras

Blackwater

Jeremy Scahill

R$ 72,90

Indisponível

Cia das Letras

Um zoológico no meu quarto

Jules Feiffer

R$ 64,90

Indisponível

Companhia das Letras

As entrevistas da Paris Review - vol. 1

Paris Review

R$ 99,90

Indisponível

Companhia das Letras

O instante contínuo

Geoff Dyer

R$ 67,90

Indisponível

Companhia das Letras

O guerreiro solitário

Henning Mankell

R$ 62,90

Indisponível

Ficha Técnica

Título original: Fateful choices Páginas: 704 Formato: 16.00 X 23.00 cm Peso: 1.076 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 25/09/2008
ISBN: 978-85-3591-299-9 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Dez decisões que mudaram o mundo, tomadas entre maio de 1940 e dezembro de 1941 por grandes líderes mundiais como Hitler, Stálin, Churchill e Roosevelt; eis o ponto de partida desta análise original sobre a Segunda Guerra Mundial e sobre suas conseqüências na cena contemporânea.

É possível dizer algo de novo sobre a Segunda Guerra Mundial, já tão analisada? Uma resposta positiva à questão pode ser encontrada neste estudo de Ian Kershaw, que enfrenta o tema de um prisma inédito, revelando facetas surpreendentes desse trágico acontecimento da história moderna. O historiador examina no detalhe dez decisões dos líderes das principais potências mundiais, tomadas entre maio de 1940 e dezembro de 1941. Colocando o foco em um período de dezenove meses e nas figuras de proa desse drama de proporções gigantescas - Winston Churchill, Franklin Roosevelt, Adolf Hitler, Benito Mussolini, Josef Stálin, entre outros -, o autor acompanha os meandros dos processos decisórios: as alternativas em jogo; o confronto de pontos de vistas; as investidas e hesitações; as deliberações que têm lugar em meio a acordos e embates. O movimento do estudo desenha assim um percurso que vai do ato e da performance pública aos bastidores da cena política, fundamentais para a compreensão das escolhas fatídicas e de seus efeitos de longa duração sobre o mundo contemporâneo.
Cada um dos dez capítulos descreve o longo caminho das tomadas de decisão, mostrando como cada uma delas tem lugar em uma só rede, construída ao ritmo frágil e turbulento das estratégias diplomáticas e dos cálculos realizados pelos diversos atores nela envolvidos. Se a reconstituição das escolhas feitas permite aferir o quadro político e as circunstâncias que as produzem, algumas delas parecem desafiar qualquer tipo de compreensão racional, como é o caso do massacre dos judeus ordenado por Hitler. "Por mais lógico que pudesse ter sido o caminho rumo ao genocídio, em vista da natureza da perseguição nazista aos judeus", afirma o autor, "a patologia do anti-semitismo demoníaco que lhe servia de base é um desafio à racionalidade".

"Magnífico... aprofunda nosso conhecimento acerca desse conflito épico - bem como do papel do acaso na história." -The New York Times Book Review

"O grande feito de Kershaw é transformar fatos que pensávamos conhecer em algo totalmente novo... Um livro cheio de surpresas." - San Francisco Chronicle

Sobre o autor