Home | Livros | Companhia de Bolso | HISTÓRIA DO MEDO NO OCIDENTE, 1300-1800
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

HISTÓRIA DO MEDO NO OCIDENTE, 1300-1800

Jean Delumeau
Tradução: Maria Lucia Machado

R$ 54,90

/ À vista

Apresentação

Nesta obra inovadora, Delumeau persegue não as grandes realizações, mas os pesadelos íntimos da civilização ocidental do século XIV ao XVIII: o mar, os mortos, as trevas, a peste, a fome, a bruxaria, o Apocalipse, Satã e seus agentes.

Frequentemente comprados juntos

Companhia de Bolso

História do medo no ocidente, 1300-1800

Jean Delumeau

R$ 54,90

Companhia de Bolso

Idade média idade dos homens

Georges Duby

R$ 44,90

Companhia de Bolso

Orientalismo

Edward W. Said

R$ 62,90

Preço total de

R$ 162,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia de Bolso

Idade média idade dos homens

Georges Duby

R$ 44,90

Companhia de Bolso

O queijo e os vermes

Carlo Ginzburg

R$ 44,90

Companhia de Bolso

Os andarilhos do bem

Carlo Ginzburg

R$ 44,90

Companhia de Bolso

Uma história dos povos árabes

Albert Hourani

R$ 79,90

Companhia de Bolso

História da vida privada, vol. 1

Paul Veyne

R$ 62,90

Companhia de Bolso

História da vida privada, vol. 2

Georges Duby

R$ 57,90

Companhia de Bolso

História noturna

Carlo Ginzburg

R$ 52,90

Companhia de Bolso

História da vida privada, vol. 3

Roger Chartier

R$ 57,90

Companhia de Bolso

História da vida privada, vol. 5

Antoine Prost Gérard Vincent

R$ 57,90

Companhia de Bolso

História da vida privada, vol. 4

Michelle Perrot

R$ 57,90

Companhia de Bolso

Cultura popular na Idade Moderna

Peter Burke

R$ 49,90

Ficha Técnica

Título original: La peur en occident (pocket) Páginas: 696 Formato: 12.50 X 18.00 cm Peso: 0.567 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 09/06/2009
ISBN: 978-85-3591-454-2 Selo: Companhia de Bolso Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Nesta obra inovadora, Delumeau persegue não as grandes realizações, mas os pesadelos íntimos da civilização ocidental do século XIV ao XVIII: o mar, os mortos, as trevas, a peste, a fome, a bruxaria, o Apocalipse, Satã e seus agentes.

"Não temos história do amor, da morte, da piedade, da crueldade, da alegria." A queixa de Lucien Febvre, em 1948, muito repetida desde então, tornou-se quase um manifesto da disciplina que se convencionou chamar a "história das mentalidades". Uma das lacunas que o fundador da escola dos Annales deplorava foi preenchida pela História do medo no Ocidente.
Ao tomar como objeto de estudo o medo, Jean Delumeau parte da ideia de que não apenas os indivíduos mas também as coletividades estão engajadas num diálogo permanente com a menos heroica das paixões humanas. Revelando-nos os pesadelos mais íntimos da civilização ocidental do século XIV ao XVIII - o mar, os mortos, as trevas, a peste, a fome, a bruxaria, o Apocalipse, Satã e seu agentes (o judeu, a mulher, o muçulmano) -, o grande pensador francês realiza uma obra sem precedentes na historiografia do Ocidente.

Sobre o autor