Home | Livros | Companhia das Letras | A FLECHA DE DEUS
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

A FLECHA DE DEUS

Chinua Achebe
Tradução: Vera Queiroz da Costa e Silva

Apresentação

Um dos mais importantes autores africanos da atualidade, Chinua Achebe narra a dramática história do sacerdote Ezeulu, dividido entre a tradição de seu povo e o mundo novo do colonizador inglês.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

A flecha de Deus

Chinua Achebe

R$ 82,90

Companhia das Letras

A paz dura pouco

Chinua Achebe

R$ 62,90

Companhia das Letras

O mundo se despedaça

Chinua Achebe

R$ 59,90

Preço total de

R$ 205,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

O mundo se despedaça

Chinua Achebe

R$ 59,90

Indisponível

Companhia das Letras

A educação de uma criança sob o protetorado britânico

Chinua Achebe

R$ 57,90

Companhia das Letras

Meio sol amarelo (Nova capa)

Chimamanda Ngozi Adichie

R$ 82,90

Companhia das Letras

Grande sertão: veredas

João Guimarães Rosa

R$ 99,90

Companhia das Letras

O olho mais azul (Nova edição)

Toni Morrison

R$ 54,32

Ficha Técnica

Título original: Arrow of god Páginas: 344 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.422 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 28/07/2011
ISBN: 978-85-3591-920-2 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Um dos mais importantes autores africanos da atualidade, Chinua Achebe narra a dramática história do sacerdote Ezeulu, dividido entre a tradição de seu povo e o mundo novo do colonizador inglês.

A aldeia de Umuaro, no interior da Nigéria, é regida pelo sumo sacerdote Ezeulu. Mas nem todos os habitantes da aldeia o apoiam, o que resulta em brigas internas, além dos conflitos com aldeias vizinhas. Um dos filhos de Ezeulu, Oduche, é enviado pelo pai para a igreja do homem branco, a fim de conhecer sua religião e proteger a aldeia dos perigos que ela pode trazer. Mas há controvérsias quanto ao envio de um filho ao inimigo. Ezeulu se vê numa espécie de beco sem saída, tendo de tomar decisões que, por mais bem intencionadas, podem resultar em desastre para o seu povo.
Enquanto isso, na cidade de Okperi, os colonizadores ingleses preocupam-se em construir estradas e entender como lidar com os colonos da aldeia. É preciso compreender sua língua, adaptar-se ao terrível calor e enfrentar as doenças da região. O capitão Winterbottom e alguns outros poucos colegas ocidentais são responsáveis por essa missão, e sabem que podem cair em feitiços dos sacerdotes e curandeiros da aldeia.
É nessa alternância entre a visão inglesa dos colonizadores e a visão interna da aldeia que se constrói o drama de A flecha de Deus. Conhecendo o lugar dos ingleses e também o dos nativos, passamos a ter uma visão muito mais rica e nada maniqueísta do cenário, feito de enormes conflitos e dilemas morais entre o homem branco e o africano.