Home | Livros | Companhia das Letras | CORAÇÕES SUJOS
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

CORAÇÕES SUJOS

Fernando Morais

Apresentação

A história da Shindo Renmei, a seita nacionalista que aterrorizou a colônia japonesa no Brasil após o fim da Segunda Guerra. Recusando-se a aceitar a notícia da rendição japonesa, a seita promoveu uma verdadeira caçada aos chamados "corações sujos", acusados de traição à pátria pelo crime de acreditar na verdade.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Corações sujos

Fernando Morais

R$ 57,90

Companhia das Letras

Os últimos soldados da guerra fria

Fernando Morais

R$ 67,90

Companhia das Letras

O crime do restaurante chinês

Boris Fausto

R$ 67,90

Preço total de

R$ 193,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

Os últimos soldados da guerra fria

Fernando Morais

R$ 67,90

Companhia das Letras

Cem quilos de ouro

Fernando Morais

R$ 72,90

Companhia das Letras

O crime do restaurante chinês

Boris Fausto

R$ 67,90

Indisponível

Companhia das Letras

Brasil: uma biografia

Lilia Moritz Schwarcz Heloisa Murgel Starling

R$ 92,90

Indisponível

Companhia das Letras

As cidades invisíveis

Italo Calvino

R$ 62,90

Companhia das Letras

Sobre o autoritarismo brasileiro

Lilia Moritz Schwarcz

R$ 64,90

Companhia das Letras

Meninos de Zinco

Svetlana Aleksiévitch

R$ 67,90

Indisponível

Ficha Técnica

Título original: Corações sujos Páginas: 352 Formato: 15.50 X 23.00 cm Peso: 0.526 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 18/11/2011
ISBN: 978-85-3591-937-0 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

A história da Shindo Renmei, a seita nacionalista que aterrorizou a colônia japonesa no Brasil após o fim da Segunda Guerra. Recusando-se a aceitar a notícia da rendição japonesa, a seita promoveu uma verdadeira caçada aos chamados "corações sujos", acusados de traição à pátria pelo crime de acreditar na verdade.

A Shindo Renmei, ou "Liga do Caminho dos Súditos", nasceu em São Paulo após o fim da Segunda Guerra, em 1945. Para seus seguidores, a notícia da rendição japonesa não passava de uma fraude aliada. Como aceitar a derrota, se em 2600 anos o invencível Japão jamais perdera uma guerra? Em poucos meses a colônia nipônica, composta de mais de 200 mil imigrantes, estava irremediavelmente dividida: de um lado ficavam os kachigumi, os "vitoristas" da Shindo Renmei, apoiados por 80% da comunidade japonesa no Brasil. Do outro, os makegumi, ou "derrotistas", apelidados de "corações sujos" pelos militantes da seita. Militarista e seguidora cega das tradições de seu país, a Shindo Renmei declara guerra aos "corações sujos", acusados de traição à pátria pelo crime de acreditar na verdade. De janeiro de 1946 a fevereiro de 1947, os matadores da Shindo Renmei percorrem o Estado de São Paulo realizando atentados que levam à morte 23 imigrantes e deixam cerca de 150 feridos. Em um ano, mais de 30 mil suspeitos dos crimes são presos pelo DOPS, 381 são condenados e 80 são deportados para o Japão. Nesta sua volta à grande reportagem, Fernando Morais conta a história da seita nacionalista que aterrorizou a colônia japonesa no Brasil.
Prêmio Jabuti 2001 de Melhor Reportagem

Sobre o autor