Home | Livros | Companhia das Letras | A OCUPAÇÃO
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

A OCUPAÇÃO

Julián Fuks

R$ 54,90

/ À vista

Apresentação

A ocupação de um prédio no centro de São Paulo, um pai fragilizado pela doença e a perspectiva da própria paternidade estão no cerne deste romance que fala, sobretudo, de perda e de resiliência.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

A ocupação

Julián Fuks

R$ 54,90

Companhia das Letras

A resistência

Julián Fuks

R$ 52,90

Companhia das Letras

O verão tardio

Luiz Ruffato

R$ 47,92

Preço total de

R$ 155,72

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

A resistência

Julián Fuks

R$ 52,90

Indisponível

Companhia das Letras

O avesso da pele - Vencedor Jabuti 2021

Jeferson Tenório

R$ 72,90

Companhia das Letras

A noite da espera

Milton Hatoum

R$ 57,90

Alfaguara

A Idade de Ouro do Brasil

João Silvério Trevisan

R$ 67,90

Alfaguara

Redemoinho em dia quente

Jarid Arraes

R$ 46,32

Companhia das Letras

Pequeno manual antirracista

Djamila Ribeiro

R$ 39,90

Ficha Técnica

Título original: A ocupação Páginas: 136 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.195 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 02/12/2019
ISBN: 978-85-3593-292-8 Selo: Companhia das Letras Capa: Victor Burton Ilustração:

SOBRE O LIVRO

A ocupação de um prédio no centro de São Paulo, um pai fragilizado pela doença e a perspectiva da própria paternidade estão no cerne deste romance que fala, sobretudo, de perda e de resiliência.

Depois do romance A resistência, vencedor de prêmios tão prestigiosos quanto Jabuti e Saramago, e elogiado pela crítica brasileira e internacional, Julián Fuks retorna a seu personagem alter ego Sebastián em A ocupação. Construída em capítulos breves, a narrativa se alterna entre os encontros do escritor com alguns moradores de um edifício ocupado no centro de São Paulo – e as histórias que lhe contam –, o temor da perda do pai hospitalizado e as expectativas em torno da gravidez de sua mulher e de uma possível paternidade. Com uma prosa impecável, o escritor paulistano nos enreda nessas diversas formas de ocupação, que revelam a fragilidade da vida, o risco da solidão e as muitas brutalidades em que o presente nos imerge.

Sobre o autor