Home | Livros | Companhia das Letras | O MÁGICO
CLIQUE PARA AMPLIAR

R$ 129,90

/ À vista
ou em até 2x no crédito de R$ 64,95

Apresentação

Em O mágico, Colm Tóibín elabora um retrato ficcional da vida de Thomas Mann. Um romance generoso e sensível que reflete as inquietudes e as instabilidades do século XX.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

O mágico

Colm Tóibín

R$ 129,90

Companhia das Letras

Nada a invejar

Barbara Demick

R$ 89,90

Companhia das Letras

Almoço de domingo

José Luís Peixoto

R$ 69,90

Preço total de

R$ 289,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Penguin-Companhia

Essencial Roberto Schwarz

Roberto Schwarz

R$ 69,90

Companhia das Letras

A filosofia da música moderna

Bob Dylan

R$ 249,90

Alfaguara

O homem-espelho

Lars Kepler

R$ 99,90

Companhia das Letras

Introdução à história da filosofia, vol. 3

Marilena Chaui

R$ 94,90

Clássicos Zahar

Viagens de Gulliver: edição comentada

Jonathan Swift

R$ 69,93

Companhia das Letras

Trilogia de Copenhagen

Tove Ditlevsen

R$ 79,90

Ficha Técnica

Título original: The Magician Páginas: 544 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.654 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 17/11/2023
ISBN: 978-85-3593-516-5 Selo: Companhia das Letras Capa: Victor Burton Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Em O mágico, Colm Tóibín elabora um retrato ficcional da vida de Thomas Mann. Um romance generoso e sensível que reflete as inquietudes e as instabilidades do século XX.

Crescendo entre os privilégios burgueses da Alemanha do início do século XX, o jovem Thomas Mann começa, não sem dificuldades, a embarcar na carreira literária. Sua sensibilidade artística é acompanhada por uma forma intensa e apaixonada de vivenciar as relações. O casamento com Katia -- herdeira de uma rica família judia de Munique -- parece apaziguar as energias criativas de Mann, trazendo-lhe seis filhos e uma estrutura doméstica que o desviava do estigma que à época sua homossexualidade atrairia.
No entanto, seus anos de fama coincidem com a ascensão de Hitler ao poder. A antecâmara da Segunda Guerra Mundial e do nazismo é para o autor e sua família o início de um exílio que os levará da Alemanha aos Estados Unidos, passando por Suíça, França e Suécia. Enquanto o protagonista continua se interrogando sobre a natureza, a autenticidade e a adequação das próprias ideias e emoções, retornará à sua pátria -- e a encontrará desfigurada pelo horror irreparável da guerra.


"Este é um livro extremamente ambicioso, no qual o íntimo e o marcante são equilibrados de forma primorosa. É a história de um homem que passou quase toda a vida adulta atrás de uma escrivaninha ou fazendo pequenos passeios tranquilos após as refeições com sua esposa. Dessa existência sedentária, Tóibín construiu um épico." -- The Guardian


"Tóibín já fez algo semelhante em seu romance O mestre: seguindo um grande escritor -- Henry James, no caso -- enquanto ele trabalha e se diverte. O que James e Mann têm em comum, além das exigências que fazem aos leitores, é um relacionamento tenso com sua homossexualidade." -- The Washington Post


"Não há condenação em O mágico, tampouco piedade. Em vez disso, há o entendimento de que um grande artista pode ser, afinal, apenas um ser humano." -- Vulture

Sobre o autor