Home | Livros | Zahar | O RETORNO DO PÊNDULO
CLIQUE PARA AMPLIAR

O RETORNO DO PÊNDULO

Sobre a psicanálise e o futuro do mundo líquido

Zygmunt Bauman e Gustavo Dessal

R$ 67,90

/ À vista

Frequentemente comprados juntos

Zahar

O retorno do pêndulo

Zygmunt Bauman e Gustavo Dessal

R$ 67,90

Zahar

Como ler Lacan

Slavoj Zizek

R$ 82,90

Zahar

Por que repetimos os mesmos erros

J.-D. Nasio

R$ 67,90

Preço total de

R$ 218,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Zahar

Mal líquido

Zygmunt Bauman Leonidas Donskis

R$ 67,90

Indisponível

Zahar

A individualidade numa época de incertezas

Bauman Zygmunt Rein Raud

R$ 82,90

Indisponível

Zahar

Nascidos em tempos líquidos

Zygmunt Bauman Thomas Leoncini

R$ 54,90

Indisponível

Zahar

Retrotopia

Zygmunt Bauman

R$ 67,90

Zahar

A arte da vida

Zygmunt Bauman

R$ 77,90

Indisponível

Zahar

Como ler Lacan

Slavoj Zizek

R$ 82,90

Zahar

Estranhos à nossa porta

Zygmunt Bauman

R$ 67,90

Zahar

O elogio da literatura

Zygmunt Bauman Riccardo Mazzeo

R$ 67,90

Zahar

Medo líquido

Zygmunt Bauman

R$ 77,90

Indisponível

Zahar

A parte obscura de nós mesmos

Elisabeth Roudinesco

R$ 82,90

Indisponível

Zahar

A riqueza de poucos beneficia todos nós?

Zygmunt Bauman

R$ 67,90

Ficha Técnica

Páginas: 136 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.199 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 04/05/2017
ISBN: 978-85-3781-663-9 Selo: Zahar Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Um rico diálogo que nos convida a pensar profundamente a sociedade na qual vivemos

Este ensaio é fruto de intensa correspondência entre Zygmunt Bauman, um dos mais importantes pensadores contemporâneos, e Gustavo Dessal, psicanalista argentino. O retorno do pêndulo se apresenta como um diálogo interdisciplinar, no encontro entre a sociologia e a psicanálise, tomando como pontos de partida o conceito de liquidez e o pensamento de Sigmund Freud.

Para Bauman, o movimento pendular que oscila entre o desejo de se conquistar mais liberdade e o anseio por dispor de segurança inverteu seu rumo desde a publicação da obra de Freud O mal-estar na civilização, em 1929: um deslocamento seminal a que ele chamou de "fase líquida da modernidade". Hoje, no entanto, podemos estar vivendo uma nova inversão - e o que essa guinada irá nos trazer no futuro?

O livro inclui 4 artigos de Bauman intercalados a comentários de Dessal. Nessa conversa incomum que ultrapassa as semelhanças entre os dois ramos do saber, eles refletem sobre questões-chave do mundo contemporâneo. Segurança versus ausência de liberdade; a aflição do homem no mundo líquido e sua busca por uma identidade; a fragilidade das relações humanas; a marginalização dos imigrantes; entre outros temas tão caros ao sociólogo polonês.

Sobre o autor