Home | Livros | Companhia das Letras | OS BEST-SELLERS PROIBIDOS DA FRANÇA PRÉ-REVOLUCIONÁRIA
CLIQUE PARA AMPLIAR

OS BEST-SELLERS PROIBIDOS DA FRANÇA PRÉ-REVOLUCIONÁRIA

Robert Darnton
Tradução: Hildegard Feist

Apresentação

Estudo sobre as relações entre literatura, opinião pública e revolução, com excertos de três das obras mais procuradas no mercado negro da França pré-revolucionária.

Boemia literária e revolução

Companhia das Letras

Boemia literária e revolução

Robert Darnton

R$ 54,90

Indisponível
O iluminismo como negócio

Companhia das Letras

O iluminismo como negócio

Robert Darnton

R$ 94,90

Indisponível
Edição e sedição

Companhia das Letras

Edição e sedição

Robert Darnton

R$ 46,00

Indisponível
O beijo de Lamourette

Companhia de Bolso

O beijo de Lamourette

Robert Darnton

R$ 59,90

Indisponível
O diabo na água benta

Companhia das Letras

O diabo na água benta

Robert Darnton

R$ 129,90

Os dentes falsos de George Washington

Companhia das Letras

Os dentes falsos de George Washington

Robert Darnton

R$ 59,90

Indisponível
Censores em ação

Companhia das Letras

Censores em ação

Robert Darnton

R$ 99,90

A questão dos livros

Companhia das Letras

A questão dos livros

Robert Darnton

R$ 59,90

Indisponível
No reino do desejado

Companhia das Letras

No reino do desejado

Jacqueline Hermann

R$ 67,90

Indisponível
Um artista da fome / A construção

Companhia das Letras

Um artista da fome / A construção

Franz Kafka

R$ 59,90

Costumes em comum

Companhia das Letras

Costumes em comum

E. P. Thompson

R$ 99,90

Indisponível

Ficha Técnica

Título original: The forbidden best-sellers of pre-revolutionary France Páginas: 456 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.527 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 17/09/1998
ISBN: 978-85-7164-811-1 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Estudo sobre as relações entre literatura, opinião pública e revolução, com excertos de três das obras mais procuradas no mercado negro da França pré-revolucionária.

Quem se interessava, na França às portas da Revolução, por narrativas pornográficas envolvendo padres e freiras, por biografias escandalosas de figuras da nobreza? Como essa literatura influenciava homens que logo mergulhariam numa guerra civil? A partir de uma quantidade imensa de documentos, Darnton investiga as relações entre literatura, opinião pública e revolução, e, no final do livro, oferece ainda excertos de três das obras mais procuradas no mercado negro da época. Em vez de se debruçar sobre a literatura consagrada do século XVIII, é nos livros pornográficos, nas fantasias utópicas, nas biografias escandalosas que ele vai buscar uma pista para reencontrar as relações entre a Revolução Francesa e a literatura da época.A partir dessa perspectiva, toda uma série de questões clássicas pode ser refeita. Poderemos entender melhor por que os sistemas de valor se modificam e de que modo a opinião pública influencia o curso da história.

Sobre o autor