Home | Livros | Companhia das Letrinhas | NAS RUAS DO BRÁS
CLIQUE PARA AMPLIAR

NAS RUAS DO BRÁS

Autor: Drauzio Varella
Ilustrador: Maria Eugênia

R$ 64,90

/ À vista

Apresentação

Neste seu primeiro livro infantil, o médico Drauzio Varella relembra histórias da sua infância, quando era um menino que brincava e brigava nas ruas do Brás. Algumas de suas experiências hoje soam estranhas, mas a maneira como o jovem Drauzio sentia as alegrias e tristezas o faz igualzinho aos meninos de agora.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letrinhas

Nas ruas do brás

Drauzio Varella

R$ 64,90

Companhia das Letrinhas

A bola e o goleiro

Jorge Amado

R$ 69,90

Quadrinhos na Cia

O último cavaleiro andante

Will Eisner

R$ 59,90

Preço total de

R$ 194,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Brinque-Book

O filho do Grúfalo

Julia Donaldson

R$ 59,90

Companhia das Letras

Modernismos 1922-2022

Gênese Andrade

R$ 159,90

Brinque-Book

O caracol e a baleia

Julia Donaldson

R$ 59,90

Seguinte

Mordida - Sucesso no TikTok

Sarah Andersen

R$ 79,90

Brinque-Book

O gigante mais elegante da cidade

Julia Donaldson

R$ 59,90

Indisponível

Companhia das Letrinhas

Meu primeiro livro de contos de fadas

Mary Hoffman

R$ 69,90

Zahar

Modernidade líquida (Nova edição)

Zygmunt Bauman

R$ 84,90

Fontanar

O Grande Panda e o Pequeno Dragão

James Norbury

R$ 84,90

Companhia das Letrinhas

O Mário que não é de Andrade

Luciana Sandroni

R$ 50,92

Companhia das Letras

Modernidade em preto e branco

Rafael Cardoso

R$ 99,90

Brinque-Book

O homem que amava caixas

Stephen Michael King

R$ 50,92

Ficha Técnica

Título original: Nas ruas do Brás Páginas: 80 Formato: 21.00 X 21.00 cm Peso: 0.235 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 20/06/2000
ISBN: 978-85-7406-066-8 Selo: Companhia das Letrinhas Ilustração: Maria Eugênia

SOBRE O LIVRO

Neste seu primeiro livro infantil, o médico Drauzio Varella relembra histórias da sua infância, quando era um menino que brincava e brigava nas ruas do Brás. Algumas de suas experiências hoje soam estranhas, mas a maneira como o jovem Drauzio sentia as alegrias e tristezas o faz igualzinho aos meninos de agora.

O médico Drauzio Varella, autor de Estação Carandiru, neto de imigrantes espanhóis e portugueses, relembra alguns episódios de quando brincava e brigava nas ruas do Brás, o bairro de São Paulo onde se criou. Drauzio conta algumas coisas que hoje soam estranhas. Por exemplo: só quando já estava com seis anos é que foi ao médico pela primeira vez. Mais estranho ainda parece o tratamento prescrito pelo doutor: "Receitou injeções de penicilina, trinta dias de repouso absoluto na cama e um regime alimentar inacreditável: seis dias sem comer, dos quais os três primeiros sem beber". Drauzio teve experiências que hoje seriam impossíveis, mas, de certa forma, foi um menino igualzinho aos de agora: a maneira como as crianças sentem as alegrias e as tristezas não mudou nada.Título Altamente Recomendável pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil - FNLIJ 2000, categoria criança

Sobre o autor

Prêmios