Home | Livros | Penguin-Companhia | ZONA E OUTROS POEMAS
CLIQUE PARA AMPLIAR

ZONA E OUTROS POEMAS

Edição bilíngue

Guillaume Apollinaire
Tradução: Rodrigo Garcia Lopes

R$ 109,90

/ À vista
ou em até 2x no crédito de R$ 54,95

Apresentação

Nesta antologia bilíngue do revolucionário poeta Guillaume Apollinaire, cuidadosamente selecionada, traduzida e apresentada por Rodrigo Garcia Lopes, podemos contemplar as diferentes fases da carreira do artista e a criatividade de seus caligramas, poemas de "escrita-imagem" que viriam a inspirar os concretistas brasileiros.

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

Bíblia -- Volume IV

R$ 199,90

Companhia das Letras

Noites de peste

Orhan Pamuk

R$ 169,90

Alfaguara

O Fim do Mundo e o impiedoso País das Maravilhas

Haruki Murakami

R$ 109,90

Companhia das Letras

Golpe de misericórdia

Dennis Lehane

R$ 99,90

Companhia das Letras

Uma hora de fervor

Muriel Barbery

R$ 64,90

Alfaguara

O comprometido

Viet Thanh Nguyen

R$ 119,90

Companhia das Letras

Literatura infantil

Alejandro Zambra

R$ 69,90

Zahar

O homem não existe

Ligia Gonçalves Diniz

R$ 89,90

Companhia das Letras

A história dos judeus, vol. 2

Simon Schama

R$ 189,90

Quadrinhos na Cia

Pagar a terra

Joe Sacco

R$ 119,90

Ficha Técnica

Páginas: 560 Formato: 13.00 X 20.00 cm Peso: 0.524 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 28/05/2024
ISBN: 978-85-8285-195-1 Selo: Penguin-Companhia Capa: Mariana Metidieri Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Nesta antologia bilíngue do revolucionário poeta Guillaume Apollinaire, cuidadosamente selecionada, traduzida e apresentada por Rodrigo Garcia Lopes, podemos contemplar as diferentes fases da carreira do artista e a criatividade de seus caligramas, poemas de "escrita-imagem" que viriam a inspirar os concretistas brasileiros.

Nome central dos movimentos vanguardistas que sacudiram o século XX, o francês de origem polonesa Guillaume Apollinaire inovou a poesia, libertando o verso e arriscando diálogos com as artes plásticas. Viveu em Paris no auge da efervescência intelectual da cidade, quando colaborou com Pablo Picasso, Jean Cocteau e Marcel Duchamp, e experimentou com o surrealismo e o cubismo.
Esta antologia, que reúne poemas dos livros Álcoois e Caligramas, apresenta o amplo universo de Apollinaire, com suas analogias insólitas e textos híbridos e fragmentários que fogem de qualquer classificação.

Sobre o autor