Home | Livros | Companhia das Letras | NOITES DE PESTE
CLIQUE PARA AMPLIAR

NOITES DE PESTE

Orhan Pamuk
Tradução: Débora Landsberg

R$ 169,90

/ À vista
ou em até 3x no crédito de R$ 56,64

Apresentação

Neste romance ambicioso, com ecos de Tolstói, o vencedor do Nobel Orhan Pamuk utiliza ampla pesquisa histórica para dar vivacidade de detalhes ao universo da ilha fictícia de Mingheira, que enfrenta uma pandemia avassaladora no começo do século XX.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Noites de peste

Orhan Pamuk

R$ 169,90

Companhia das Letras

Golpe de misericórdia

Dennis Lehane

R$ 99,90

Companhia das Letras

A mulher ruiva

Orhan Pamuk

R$ 79,90

Preço total de

R$ 349,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

Golpe de misericórdia

Dennis Lehane

R$ 99,90

Alfaguara

O Fim do Mundo e o impiedoso País das Maravilhas

Haruki Murakami

R$ 109,90

Companhia das Letras

Uma hora de fervor

Muriel Barbery

R$ 64,90

Alfaguara

O comprometido

Viet Thanh Nguyen

R$ 119,90

Companhia das Letras

Literatura infantil

Alejandro Zambra

R$ 69,90

Companhia das Letras

A história dos judeus, vol. 2

Simon Schama

R$ 189,90

Suma

Mais sombrio

Stephen King

R$ 89,90

Quadrinhos na Cia

Pagar a terra

Joe Sacco

R$ 119,90

Penguin-Companhia

Zona e outros poemas

Guillaume Apollinaire

R$ 109,90

Zahar

O homem não existe

Ligia Gonçalves Diniz

R$ 89,90

Companhia das Letras

Bíblia -- Volume IV

R$ 199,90

Ficha Técnica

Título original: Nights of Plague Páginas: 672 Formato: 16.00 X 23.00 cm Peso: 0.884 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 21/05/2024
ISBN: 978-85-3593-704-6 Selo: Companhia das Letras Capa: Raul Loureiro Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Neste romance ambicioso, com ecos de Tolstói, o vencedor do Nobel Orhan Pamuk utiliza ampla pesquisa histórica para dar vivacidade de detalhes ao universo da ilha fictícia de Mingheira, que enfrenta uma pandemia avassaladora no começo do século XX.

Uma nova doença começa a fazer vítimas em uma ilha do Império Otomano, no começo do século XX. O Químico Real do Sultão é enviado de Istambul para controlar a situação, mas é assassinado. A princesa Pakize e seu marido epidemiologista logo são despachados para o local para investigar, e assim se inicia uma saga sem igual na literatura contemporânea. Enquanto os cadáveres se empilham devido a esta enfermidade avassaladora, as questões culturais, como antagonismos religiosos e suas consequências políticas, interferem diretamente na maneira como os moradores lidam com a ameaça de saúde pública.
Partindo dessa premissa tempestuosa, o vencedor do Nobel Orhan Pamuk esboça os principais traços de seu romance de grande escopo: uma mescla de ficção histórica, com muitos paralelos com a nossa realidade recente, e uma trama eletrizante, com acontecimentos inesperados, movidos por um assassinato misterioso, como num bom policial.

Sobre o autor