Livro acessível
0
Carrinho
Títulos / Companhia das Letras / A INVENÇÃO DA SOLIDÃO
Companhia das Letras
A INVENÇÃO DA SOLIDÃO
Tradução: Rubens Figueiredo
Livro
R$ 54,90
Fechar
Escolha um vendedor
Livro vencedor do prêmio Príncipe de Asturias 2006 / Categoria: Letras
#AINVENCAODASOLIDAO
Nesse livro de memórias, o americano Paul Auster (nascido em 1947) alia seus notáveis talentos de poeta, tradutor, ensaísta e ficcionista. As recordações da infância e dos primeiros anos como escritor se entremeiam com uma profunda reflexão sobre a paternidade, o acaso e a literatura.
Apresentação
Paul Auster (nascido em 1947) é um dos autores mais apaixonantes da literatura americana atual. A invenção da solidão, um livro de memórias, é especialmente adequado para quem deseja se iniciar em sua obra, pois aqui ele exercita também seus notáveis talentos de poeta, tradutor, ensaísta e ficcionista. Construído na forma de um mosaico poético, o livro alterna recordações pessoais com comentários argutos sobre literatura, pintura e filosofia. O tema de base é a paternidade.
Na primeira parte do volume, "Retrato de um homem invisível", Auster, abalado com a morte do pai, tenta examinar o mistério desse homem frio, esquivo, cujo enigma só começa a se desvendar por um lance de sorte. Chega ao conhecimento do escritor a notícia de um assassinato, ocorrido em sua família sessenta anos antes. Um trauma capaz de dobrar a vida de um homem em uma face visível e outra invisível.
Auster relaciona essa experiência à literatura, arte que ensina a ver por trás de cada coisa uma outra, que só se vislumbra quando encarada do ângulo da ficção. As coisas têm uma vida dupla, no mundo e na nossa mente. Eis a raiz da solidão que Auster deseja investigar: o pensamento e a linguagem, que nos projetam para fora de nós mesmos, erguem ao mesmo tempo a barreira que nos isola do mundo e dos outros.
Na segunda parte, "O livro da memória", Auster inverte as posições e põe em foco sua relação com o filho. Experiências e situações se repetem, em um sutil jogo de coincidências, que deixam Auster frente a frente com as limitações inerentes ao papel de pai e com a solidão que também envolve seu filho.
No curso dessa exploração poética, Paul Auster faz valer seus atributos de crítico literário e analisa obras como As aventuras de Pinóquio, As mil e uma noites, a poesia de Hölderlin, Mallarmé e Marina Tzvetáieva, o pensamento de Proust e Freud, além da pintura de Vermeer e Van Gogh. Entrelaça essas diversas obras, de forma irresistível, em torno do tema das relações entre pai e filho, ficção e vida, linguagem e solidão.
Ficha Técnica
Título original: THE INVENTION OF SOLITUDE
Tradução: Rubens Figueiredo
Capa: João Baptista da Costa Aguiar
Páginas: 200
Formato: 14.00 X 21.00 cm
Peso: 0.265 kg
Acabamento: Brochura
Lançamento: 14/09/1999
ISBN: 9788571649279
Selo: Companhia das Letras
Prêmios
Livro vencedor do prêmio Príncipe de Asturias 2006 / Categoria:
Autor

Assine a newsletter da Companhia