Home | Livros | Companhia das Letras | AO PARAÍSO
CLIQUE PARA AMPLIAR

AO PARAÍSO

Hanya Yanagihara
Tradução: Ana Guadalupe

R$ 129,90

/ À vista
ou em até 2x no crédito de R$ 64,95

Apresentação

Da autora do clássico Uma vida pequena, um romance ousado e brilhante sobre amantes, família, perda e a promessa fugaz da utopia, abrangendo três séculos e três versões diferentes do experimento americano.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Ao paraíso

Hanya Yanagihara

R$ 129,90

Companhia das Letras

Manifesto

Bernardine Evaristo

R$ 69,90

Companhia das Letras

Noite no paraíso

Lucia Berlin

R$ 74,90

Preço total de

R$ 274,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Ficha Técnica

Título original: To paradise Páginas: 720 Formato: 16.00 X 23.00 cm Peso: 0.965 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 09/09/2022
ISBN: 978-65-5921-167-8 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Da autora do clássico Uma vida pequena, um romance ousado e brilhante sobre amantes, família, perda e a promessa fugaz da utopia, abrangendo três séculos e três versões diferentes do experimento americano.

Em uma versão alternativa dos Estados Unidos de 1893, Nova York integra os Estados Livres, onde as pessoas podem amar quem quiserem (pelo menos é o que parece). Um jovem herdeiro de uma família renomada resiste ao noivado com o pretendente escolhido por seu avô, após cair nas graças de um charmoso professor de música com parcos recursos. Em uma Manhattan de 1993, assolada pela epidemia de aids, um jovem havaiano vive com seu companheiro muito mais velho e endinheirado, escondendo sua infância conturbada e a história de seu pai. E, em 2093, num mundo devastado por pandemias e sob um governo autoritário, a neta traumatizada de um cientista poderoso tenta viver sem ele – e solucionar o mistério dos sumiços do marido.
Essas três seções se combinam em uma sinfonia fascinante e engenhosa à medida que temas recorrentes se aprofundam e se relacionam: uma casa em Washington Square Park em Greenwich Village; doenças e tratamentos com custos enormes; riqueza e miséria; a oposição entre fracos e fortes; raça; a definição de família e de nação; os perigos da justiça dos poderosos e dos revolucionários; o desejo de encontrar um paraíso terreno e a percepção gradual de que algo do tipo é impossível. O que une tanto os personagens como esses diferentes Estados Unidos é o ajuste de contas com aquilo que nos torna humanos: o medo, o amor, a vergonha, a falta e a solidão.
Ao paraíso é um exemplo formidável de técnica literária, mas acima de tudo é um romance genial na forma como aborda as emoções. Sua grande força resulta da percepção de Yanagihara sobre o desejo angustiante de proteger aqueles que amamos – companheiros, amantes, filhos, amigos e até nossos concidadãos – e sobre a dor que sentimos quando isso não é possível.

Sobre o autor