Home | Livros | Companhia das Letras | O SOL E A SOMBRA
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

O SOL E A SOMBRA

Laura de Mello e Souza

R$ 104,90

/ À vista
ou em até 2x no crédito de R$ 52,45

Apresentação

Em um diálogo crítico com a historiografia mais recente, Laura de Mello e Souza repensa o papel da centralização monárquica na administração da América portuguesa. A autora defende a idéia de que a unidade brasileira foi vista primeiro por Portugal, antes mesmo que os próprios habitantes da terra cogitassem essa possibilidade.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

O sol e a sombra

Laura de Mello e Souza

R$ 104,90

Companhia das Letras

O diabo e a terra de santa cruz

Laura de Mello e Souza

R$ 82,90

Companhia das Letras

A sabinada

Paulo César de Souza

R$ 67,90

Preço total de

R$ 255,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Ficha Técnica

Título original: O Sol e a sombra Páginas: 528 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.647 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 23/10/2006
ISBN: 978-85-3590-907-4 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Em um diálogo crítico com a historiografia mais recente, Laura de Mello e Souza repensa o papel da centralização monárquica na administração da América portuguesa. A autora defende a idéia de que a unidade brasileira foi vista primeiro por Portugal, antes mesmo que os próprios habitantes da terra cogitassem essa possibilidade.

Para Portugal, o século XVIII inaugurou uma nova concepção de império. Dom João V, Dom José I e Dona Maria - avô, filho e neta - quase que só olharam para o Atlântico Sul e, nele, mais para o Brasil que para a África. O sol e a sombra trata das estruturas e dos acontecimentos que possibilitaram o controle português sobre o Atlântico Sul setecentista. Ao enfatizar a ruptura entre a monarquia e as elites mais antigas da América portuguesa, a autora mostra como, por um lado, acirraram-se os sentimentos regionais e, por outro, a necessidade, a partir do centro de poder, de repensar o governo dos povos das conquistas.
O sol e a sombra trata também dos protagonistas da administração portuguesa na América: quem eram, por que deixavam a pátria, atraídos pelas possibilidades de enriquecimento e honrarias, mas acabavam muitas vezes por sacrificar parte considerável do próprio patrimônio. Laura de Mello e Souza defende a idéia de que a unidade brasileira foi vista primeiro por Portugal, antes mesmo que os próprios habitantes da terra cogitassem essa possibilidade. Mas deixa claro que as relações entre o governo e os governados são, como na metáfora do título, variáveis: dependem da distância que os separa, e mudam conforme o lugar a partir do qual os fenômenos são observados.

Sobre o autor