Home | Livros | Companhia das Letras | JANELA INDISCRETA
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

JANELA INDISCRETA

Cornell Woolrich
Tradução: Rubens Figueiredo

R$ 62,90

/ À vista

Apresentação

Encabeçadas por "Janela indiscreta", que deu origem à obra-prima de Alfred Hitchcock, as cinco histórias deste livro, publicadas originalmente nos anos 40, trazem toda a genialidade de Cornell Woolrich, um dos mestres do romance noir.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Janela indiscreta

Cornell Woolrich

R$ 62,90

Alfaguara

Dance dance dance

Haruki Murakami

R$ 69,90

Companhia das Letras

O fazedor

Jorge Luis Borges

R$ 54,90

Preço total de

R$ 187,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Alfaguara

Dance dance dance

Haruki Murakami

R$ 69,90

Companhia das Letras

Contemplação / O foguista

Franz Kafka

R$ 52,90

Companhia das Letras

Os velhos marinheiros, ou, O capitão-de-longo-curso

Jorge Amado

R$ 67,90

Companhia das Letras

A literatura e os deuses

Roberto Calasso

R$ 57,90

Companhia das Letras

Durante aquele estranho chá

Lygia Fagundes Telles

R$ 38,43

Companhia das Letras

Dentro da baleia e outros ensaios

George Orwell

R$ 54,90

Companhia das Letras

As suspeitas do Sr. Whicher

Kate Summerscale

R$ 82,90

Ficha Técnica

Título original: Rear window and other stories Páginas: 208 Formato: 13.00 X 21.00 cm Peso: 0.232 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 08/09/2008
ISBN: 978-85-3591-308-8 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Encabeçadas por "Janela indiscreta", que deu origem à obra-prima de Alfred Hitchcock, as cinco histórias deste livro, publicadas originalmente nos anos 40, trazem toda a genialidade de Cornell Woolrich, um dos mestres do romance noir.

Autor de clássicos do gênero policial como A noiva estava de preto e A dama fantasma, Cornell Woolrich talvez não tenha escrito nada que se iguale em carga de tensão às cinco histórias breves reunidas neste volume.
Em "Janela indiscreta", um homem com a perna quebrada passa o tempo observando os prédios em volta do seu e desconfia, sem prova concreta, de que o vizinho da frente é um assassino. O livro traz também as geniais "Post-mortem", "Três horas", "Homicídio trocado" e "Impulso".
Num movimento contrário ao da maioria das narrativas policiais, aqui não há crimes manifestos a serem desvendados nem detetives que correm atrás de pistas reveladoras: a trama, em vez de caminhar para uma solução, parece se complicar a cada cena. O crime é potencial, e o leitor tem a impressão de que algo terrível está prestes a acontecer.
Com descrições extremamente visuais e uma voz narrativa carregada de humor negro refinado, Woolrich desenha com maestria o destino de seus protagonistas - vítimas, assassinos, testemunhas -, que parecem arrastar-se a cada minuto para dentro de uma espiral eletrizante.

Sobre o autor