Home | Livros | Companhia das Letras | UM ÚTERO É DO TAMANHO DE UM PUNHO
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

UM ÚTERO É DO TAMANHO DE UM PUNHO

Angélica Freitas

R$ 37,90

/ À vista

Apresentação

Lançado em 2012, o livro se tornou um clássico contemporâneo ao refletir, com humor e perspicácia, sobre questões de gênero.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Um útero é do tamanho de um punho

Angélica Freitas

R$ 37,90

Companhia das Letras

Pequena coreografia do adeus

Aline Bei

R$ 62,90

Companhia de Bolso

Rilke Shake

Angélica Freitas

R$ 37,90

Preço total de

R$ 138,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

Canções de atormentar

Angélica Freitas

R$ 57,90

Companhia das Letras

O livro das semelhanças

Ana Martins Marques

R$ 59,90

Indisponível

Companhia das Letras

Pequena coreografia do adeus

Aline Bei

R$ 62,90

Alfaguara

Redemoinho em dia quente

Jarid Arraes

R$ 57,90

Companhia das Letras

Júbilo, memória, noviciado da paixão

Hilda Hilst

R$ 39,90

Companhia das Letras

Quem tem medo do feminismo negro?

Djamila Ribeiro

R$ 42,90

Companhia das Letras

O avesso da pele - Vencedor Jabuti 2021

Jeferson Tenório

R$ 72,90

Companhia das Letras

Pequeno manual antirracista

Djamila Ribeiro

R$ 39,90

Companhia das Letras

A vida não é útil

Ailton Krenak

R$ 42,90

Indisponível

Ficha Técnica

Título original: Um útero é do tamanho de um punho Páginas: 96 Formato: 12.50 X 18.00 cm Peso: 0.087 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 15/09/2017
ISBN: 978-85-3592-982-9 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Lançado em 2012, o livro se tornou um clássico contemporâneo ao refletir, com humor e perspicácia, sobre questões de gênero.

Lançado em 2012, o livro se tornou um clássico contemporâneo ao refletir, com humor e perspicácia, sobre questões de gênero.

Depois de lançar Rilke Shake (coleção Ás de Colete, 7Letras e Cosac Naify, 2007), o segundo livro de Angélica Freitas, Um útero é do tamanho de um punho (Cosac Naify, 2012), reúne poemas escritos a partir de um tema central: a mulher.
Uma das vozes mais destacadas da geração, Angélica Freitas subverte as imagens absolutamente gastas do que se espera do gênero feminino -- anunciadas em capas de revistas e em vitrines de lojas de departamentos --, e joga luz -- com inteligência, sagacidade e senso de humor aguçado -- sobre o nosso tempo.

* Leitura obrigatória do vestibular da UFRGS.

Sobre o autor