Home | Livros | Companhia das Letras | PRETÉRITO IMPERFEITO
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

PRETÉRITO IMPERFEITO

B. Kucinski

R$ 59,90

/ À vista

Apresentação

Um romance belo e perturbador sobre uma mais que problemática relação entre pai e filho.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Pretérito imperfeito

B. Kucinski

R$ 59,90

Companhia das Letras

Os visitantes

B. Kucinski

R$ 59,90

Companhia das Letras

Léxico familiar

Natalia Ginzburg

R$ 69,90

Preço total de

R$ 189,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

K - relato de uma busca

B. Kucinski

R$ 64,90

Companhia das Letras

Enterre seus mortos

Ana Paula Maia

R$ 42,42

Companhia das Letras

O avesso da pele - Vencedor Jabuti 2021

Jeferson Tenório

R$ 63,67

Companhia das Letras

A noite da espera

Milton Hatoum

R$ 69,90

Companhia das Letras

As cidades invisíveis

Italo Calvino

R$ 69,90

Companhia das Letras

Solução de dois Estados

Michel Laub

R$ 64,90

Companhia das Letras

Um útero é do tamanho de um punho

Angélica Freitas

R$ 49,90

Ficha Técnica

Título original: Pretérito imperfeito Páginas: 152 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.216 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 06/11/2017
ISBN: 978-85-3593-017-7 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Um romance belo e perturbador sobre uma mais que problemática relação entre pai e filho.

A adoção de um bebê por um casal que não consegue ter filhos é o fato fundador de Pretérito imperfeito, romance em que B. Kucinski conta a história de uma paternidade que começa intensa e amorosa e termina em destroços. A derrocada tem início na adolescência do menino, marcada pelo envolvimento com maconha, crack e anfetaminas, um processo descrito pelo narrador como uma busca frenética de um paraíso artificial.
Entrelaçam-se nessa história de vida três situações limite: a adoção, a dependência química e o racismo. O pai narrador se pergunta: "Teria sido possível em algum momento barrar o curso dessa história? Ou estava tudo escrito no livro do destino?".
A abordagem é minuciosa e sutil, porém o estilo é seco e duro. O resultado é um texto pungente, que confirma o lugar de B. Kucinski como um dos escritores mais destacados da atualidade.

Sobre o autor