Home | Livros | Companhia das Letras | CONTRA A INTERPRETAÇÃO
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

CONTRA A INTERPRETAÇÃO

e outros ensaios

Susan Sontag
Tradução: Denise Bottmann

R$ 87,90

/ À vista

Apresentação

Primeira coletânea de ensaios de Susan Sontag, Contra a interpretação logo se tornou um clássico moderno. Em nova tradução, a obra traz brilhantes comentários sobre os mais diversos aspectos culturais dos convulsivos anos 1960.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Contra a interpretação

Susan Sontag

R$ 87,90

Companhia das Letras

Sobre fotografia

Susan Sontag

R$ 72,90

Companhia das Letras

Diante da dor dos outros

Susan Sontag

R$ 54,90

Preço total de

R$ 215,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia de Bolso

Questão de ênfase

Susan Sontag

R$ 52,90

Companhia das Letras

Diante da dor dos outros

Susan Sontag

R$ 54,90

Indisponível

Companhia de Bolso

A vontade radical

Susan Sontag

R$ 44,90

Companhia das Letras

Sobre fotografia

Susan Sontag

R$ 72,90

Indisponível

Companhia das Letras

O inominável atual

Roberto Calasso

R$ 99,90

Companhia das Letras

Sob o signo de Saturno

Susan Sontag

R$ 74,90

Companhia das Letras

As pequenas virtudes

Natalia Ginzburg

R$ 57,90

Ficha Técnica

Título original: Against interpretation Páginas: 392 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.477 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 14/02/2020
ISBN: 978-85-3593-307-9 Selo: Companhia das Letras Capa: Claudia Warrak Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Primeira coletânea de ensaios de Susan Sontag, Contra a interpretação logo se tornou um clássico moderno. Em nova tradução, a obra traz brilhantes comentários sobre os mais diversos aspectos culturais dos convulsivos anos 1960.

Uma série de discussões provocativas sobre os temas culturais mais prementes da década de 1960, este livro é a coletânea definitiva dos trabalhos mais conhecidos e importantes de Susan Sontag e foi a obra que a consagrou como uma das pensadoras mais incisivas do nosso tempo.

Publicada pela primeira vez em 1966, esta coletânea de ensaios nunca saiu de catálogo e influenciou profundamente muitas gerações de leitores, assim como o campo da crítica cultural no mundo todo. Inclui os textos revolucionários "Notas sobre o camp" e "Contra a interpretação", e também o debate acalorado de Sontag sobre autores como Sartre, Camus, Weil, Godard, Beckett, Lévi-Strauss, a psicanálise, filmes de ficção científica e o pensamento religioso contemporâneo.

Além da nova tradução, esta edição traz o posfácio "Trinta anos depois", no qual Sontag reafirmou os termos de sua batalha contra os filisteus, contra uma ética frágil e contra a indiferença.

Eleito um dos cem melhores livros de não ficção de todos os tempos pelo The Guardian.

Sobre o autor