Home | Livros | Companhia das Letras | AO MESMO TEMPO
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

AO MESMO TEMPO

Susan Sontag
Tradução: Rubens Figueiredo

R$ 62,90

/ À vista

Apresentação

Reunião de ensaios e discursos redigidos por Susan Sontag nos seus últimos anos de vida, Ao mesmo tempo funciona como um fecho inspirado para toda uma vida dedicada ao amor à literatura e ao ativismo político.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Ao mesmo tempo

Susan Sontag

R$ 62,90

Companhia das Letras

Contra a interpretação

Susan Sontag

R$ 87,90

Companhia das Letras

Diante da dor dos outros

Susan Sontag

R$ 54,90

Preço total de

R$ 205,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

Diante da dor dos outros

Susan Sontag

R$ 54,90

Indisponível

Companhia de Bolso

A vontade radical

Susan Sontag

R$ 44,90

Companhia das Letras

Contra a interpretação

Susan Sontag

R$ 87,90

Companhia de Bolso

Questão de ênfase

Susan Sontag

R$ 52,90

Companhia das Letras

Sobre fotografia

Susan Sontag

R$ 72,90

Indisponível

Companhia de Bolso

Doença como metáfora / Aids e suas metáforas

Susan Sontag

R$ 34,90

Companhia das Letras

Diários (1947-1963)

Susan Sontag

R$ 74,90

Indisponível

Companhia das Letras

Questão de ênfase

Susan Sontag

R$ 92,90

Indisponível

Companhia das Letras

O AMANTE DO VULCÃO

Susan Sontag

R$ 87,90

Indisponível

Companhia das Letras

Sob o signo de Saturno

Susan Sontag

R$ 74,90

Ficha Técnica

Título original: At the same time Páginas: 248 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.312 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 16/07/2008
ISBN: 978-85-3591-272-2 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Reunião de ensaios e discursos redigidos por Susan Sontag nos seus últimos anos de vida, Ao mesmo tempo funciona como um fecho inspirado para toda uma vida dedicada ao amor à literatura e ao ativismo político.

"Literatura é liberdade", afirmou Susan Sontag pouco mais de um ano antes de sua morte, em 2004. A frase hoje soa como justificativa para toda uma vida de compromisso com o amor à literatura e um ferrenho ativismo político. Ao mesmo tempo reúne os últimos textos da ensaísta e romancista que nunca aceitou separar a estética da ética.
O turbulento início do século XXI ajudou a autora a se manter fiel até o fim ao espírito de contestação que ela manifestou ao se tornar conhecida, nos anos 1960. Nas páginas de Ao mesmo tempo, os ensaios literários são obrigados a conviver com textos de intervenção pública escritos no calor dos acontecimentos.
Destaca-se a lucidez de Sontag diante dos atentados terroristas de 11 de setembro de 2001 e da prática de tortura na prisão de Abu Ghraib, no Iraque. Mas essa incessante vigilância política nada tinha de antiamericanista. Ao contrário, ela manifesta o amplo cosmopolitismo que a autora declara ter aprendido com a literatura. Para Sontag, seu modo crítico de ser uma cidadã americana lhe assegurava também a cidadania plena na sua almejada "república internacional das letras".

Sobre o autor