Home | Livros | Companhia das Letras | RECORDAÇÕES DA MINHA INEXISTÊNCIA
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

RECORDAÇÕES DA MINHA INEXISTÊNCIA

Memórias

Rebecca Solnit
Tradução: Isa Mara Lando

R$ 72,90

/ À vista

Apresentação

Neste livro de memórias, a autora de Os homens explicam tudo para mim e A mãe de todas as perguntas narra sua formação como escritora e feminista -- e de que modo conquistou voz em uma sociedade que prefere silenciar as mulheres.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Recordações da minha inexistência

Rebecca Solnit

R$ 72,90

Companhia das Letras

De quem é esta história?

Rebecca Solnit

R$ 72,90

Companhia das Letras

A pediatra

Andréa Del Fuego

R$ 41,93

Preço total de

R$ 187,73

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

O ar que me falta

Luiz Schwarcz

R$ 67,90

Alfaguara

Apague a luz se for chorar

Fabiane Guimarães

R$ 69,90

Companhia das Letras

De quem é esta história?

Rebecca Solnit

R$ 72,90

Companhia de Bolso

Niketche (Edição de bolso)

Paulina Chiziane

R$ 38,32

Companhia das Letras

Arrancados da terra

Lira Neto

R$ 94,90

Companhia das Letras

A mãe de todas as perguntas

Rebecca Solnit

R$ 47,90

Ficha Técnica

Título original: Recollections of My Non-Existence Páginas: 264 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.326 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 22/02/2021
ISBN: 978-85-3593-359-8 Selo: Companhia das Letras Capa: Tereza Bettinardi Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Neste livro de memórias, a autora de Os homens explicam tudo para mim e A mãe de todas as perguntas narra sua formação como escritora e feminista -- e de que modo conquistou voz em uma sociedade que prefere silenciar as mulheres.

"Ser uma jovem mulher significa enfrentar a sua própria aniquilação de maneiras inumeráveis", escreve Rebecca Solnit nas primeiras páginas deste volume. A partir dessa constatação, a autora de A mãe de todas as perguntas reconstitui sua formação na Califórnia da era do punk e da pós-contracultura, rememorando desde o assédio e a violência que sofria na vida cotidiana e nos círculos intelectuais até as forças que a libertaram e a incentivaram a batalhar por mudanças. Narrado com a perspicácia que fez de Solnit uma das mais brilhantes escritoras de não ficção da atualidade, este livro é um testemunho dos avanços do movimento feminista nas últimas décadas e da luta contra as opressões -- silenciosas e escancaradas -- a que as mulheres estão sujeitas todos os dias.

"Uma das mulheres mais inteligentes que eu conheço." -- Emma Watson

"Solnit me ensinou que o ativismo é poético. Sua prosa é tão clara e revigorante quanto bela. Em Recordações da minha inexistência, ela nos conduz através dos sonhos e cantos sombrios de sua vida. Cada passagem é uma revelação, idiossincrática e universal, da violência cotidiana de habitar um corpo feminino e do apagamento diário que ocorre em nossa sociedade. Inabalável, ela ilumina o caminho, mostrando sua experiência e suas opiniões, para que outras possam alcançá-la e encontrar esperança." -- Florence Welch

Sobre o autor