Home | Livros | Penguin-Companhia | VIAGENS DE GULLIVER
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

VIAGENS DE GULLIVER

Jonathan Swift
Tradução: Paulo Henriques Britto

R$ 59,90

/ À vista

Apresentação

Em Viagens de Gulliver, polêmica obra-prima do século XVIII que mistura literatura de viagem, aventura e ficção científica, Jonathan Swift expõe o homem, suas instituições, seu apego irracional ao poder e ao ouro, e sua insistência em prolongar a vida.

Frequentemente comprados juntos

Penguin-Companhia

Viagens de Gulliver

Jonathan Swift

R$ 59,90

Penguin-Companhia

Robinson Crusoé

Daniel Defoe

R$ 59,90

Penguin-Companhia

O livro de Moriarty

Arthur Conan Doyle

R$ 59,90

Preço total de

R$ 179,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Penguin-Companhia

Robinson Crusoé

Daniel Defoe

R$ 59,90

Indisponível

Penguin-Companhia

Os miseráveis

Victor Hugo

R$ 139,90

Indisponível

Penguin-Companhia

O corcunda de Notre-Dame

Victor Hugo

R$ 74,90

Penguin-Companhia

O amante de Lady Chatterley

D. H. Lawrence

R$ 69,90

Penguin-Companhia

O médico e o monstro

Robert Louis Stevenson

R$ 49,90

Penguin-Companhia

David Copperfield

Charles Dickens

R$ 94,90

Ficha Técnica

Título original: Gulliver's travels Páginas: 448 Formato: 13.00 X 20.00 cm Peso: 0.432 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 14/12/2010
ISBN: 978-85-6356-012-4 Selo: Penguin-Companhia Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Em Viagens de Gulliver, polêmica obra-prima do século XVIII que mistura literatura de viagem, aventura e ficção científica, Jonathan Swift expõe o homem, suas instituições, seu apego irracional ao poder e ao ouro, e sua insistência em prolongar a vida.

Quem lê pela primeira vez a versão original de Viagens de Gulliver, tendo como pano de fundo uma vaga lembrança de adaptações infantis, espanta-se ao constatar que tem nas mãos um dos textos mais amargos do cânone ocidental.
Como observa George Orwell no prefácio incluído nesta edição, o livro de Jonathan Swift, apesar de todo o seu ressentimento e misantropia, é uma obra deliciosa, que permite vários níveis de leitura. É primeiro um livro de viagens - ou melhor, uma sátira aos livros de viagens, tal como Dom Quixote é, entre outras coisas, uma sátira aos romances de cavalaria; para as crianças, é uma história de aventuras, cheia das criaturas fantásticas e do humor escatológico de que tanto gostam; e é um dos marcos iniciais da ficção científica.
Entretanto, o que mais fascina o leitor maduro nessa obra publicada pela primeira vez em 1726 é o olhar implacável que seu autor volta sobre o homem, suas instituições, seu apego irracional ao poder e ao ouro, e sua insistência em prolongar a vida mesmo quando esta só proporciona sofrimento.
Esta edição de Viagens de Gulliver foi organizada pelo professor Robert DeMaria Jr., também responsável pelo texto de introdução e pelas notas, e conta com imagens preciosas, como reproduções da folha de rosto e do frontispício da primeira edição da obra-prima de Jonathan Swift, além de mapas das diferentes terras citadas no romance, inestimáveis para a leitura.

Sobre o autor

Vídeo