Home | Livros | Zahar | VIDA LÍQUIDA
CLIQUE PARA AMPLIAR

VIDA LÍQUIDA

Zygmunt Bauman

Apresentação

Zygmunt Bauman volta ao tema da fluidez da existência contemporânea desenvolvido também em outras obras de sucesso do autor -- como Amor líquido e Modernidade líquida.

Frequentemente comprados juntos

Zahar

Vida líquida

Zygmunt Bauman

R$ 79,90

Zahar

Cegueira moral

Zygmunt Bauman e Leonidas Donskis

R$ 79,90

Zahar

Amor líquido

Zygmunt Bauman

R$ 74,90

Preço total de

R$ 234,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Zahar

Amor líquido

Zygmunt Bauman

R$ 74,90

Indisponível

Zahar

Medo líquido

Zygmunt Bauman

R$ 79,90

Indisponível

Zahar

Cegueira moral

Zygmunt Bauman Leonidas Donskis

R$ 79,90

Indisponível

Zahar

Tempos líquidos

Zygmunt Bauman

R$ 64,90

Indisponível

Zahar

Vida para consumo

Zygmunt Bauman

R$ 79,90

Indisponível

Zahar

Nascidos em tempos líquidos

Zygmunt Bauman Thomas Leoncini

R$ 59,90

Indisponível

Zahar

Modernidade líquida

Zygmunt Bauman

R$ 84,90

Indisponível

Zahar

Identidade

Zygmunt Bauman

R$ 64,90

Indisponível

Zahar

O mal-estar da pós-modernidade

Zygmunt Bauman

R$ 84,90

Indisponível

Zahar

Vida líquida (Nova edição)

Zygmunt Bauman

R$ 79,90

Zahar

A cultura no mundo líquido moderno

Zygmunt Bauman

R$ 64,90

Indisponível

Zahar

Mal líquido

Zygmunt Bauman Leonidas Donskis

R$ 79,90

Indisponível

Ficha Técnica

Páginas: 212 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.255 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 05/03/2007
ISBN: 978-85-7110-969-8 Selo: Zahar Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Zygmunt Bauman volta ao tema da fluidez da existência contemporânea desenvolvido também em outras obras de sucesso do autor -- como Amor líquido e Modernidade líquida.

Um compêndio dos efeitos que a atual estrutura social e econômica, com base no que é descartável e efêmero, gera na vida, seja no amor, nos relacionamentos profissionais e afetivos, na segurança pessoal e coletiva, no consumo material e espiritual, no conforto humano e no próprio sentido da existência.
Em Vida líquida, Zygmunt Bauman volta ao tema da fluidez da existência contemporânea desenvolvido também em outras obras de sucesso do autor -- como Amor líquido e Modernidade líquida. Segundo o sociólogo, que já vendeu mais de 800 mil exemplares no Brasil, a precificação generalizada da vida social e a destruição criativa própria do capitalismo suscita uma condição humana na qual predominam o desapego, a versatilidade em meio à incerteza e a vanguarda constante do eterno recomeço.