Home | Livros | Companhia das Letrinhas | COMO CONTAR CROCODILOS
CLIQUE PARA AMPLIAR

COMO CONTAR CROCODILOS

Autores: Margaret Mayo e Margareth Mayo & Emily Bolam,
Ilustrador: Emily Bolam
Tradução: Heloisa Jahn
Previsão de reimpressão: 03/2024

Apresentação

Os contos populares - de índios e negros norte-americanos, de indianos e ingleses, de russos e japoneses - adaptados para crianças.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letrinhas

Como contar crocodilos

Margaret Mayo e Margareth Mayo & Emily Bolam,

R$ 59,90

Companhia das Letrinhas

Zeca era diferente

Norman Rockwell

R$ 52,90

Companhia das Letrinhas

Fábulas de Esopo

Russell Ash e Bernard Higton

R$ 67,90

Preço total de

R$ 180,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Seguinte

Cinderela chinesa

Adeline Yen Mah

R$ 54,90

Companhia das Letras

Coral e outros poemas

Sophia de Mello Breyner Andresen

R$ 72,90

Indisponível

Brinque-Book

Como eu cheguei aqui?

Philip Bunting

R$ 52,90

Suma

Carrie

Stephen King

R$ 69,90

Companhia das Letrinhas

De cabeça pra baixo

Ricardo da Cunha Lima

R$ 49,90

Indisponível

Suma

A cidade de vapor

Carlos Ruiz Zafón

R$ 57,90

Companhia das Letras

Diário confessional

Oswald de Andrade

R$ 99,90

Clássicos Zahar

David Copperfield: edição comentada e ilustrada

Charles Dickens

R$ 126,32

Pequena Zahar

Diário de Pilar na Índia

Flávia Lins E Silva

R$ 52,90

Brinque-Book

Carona na vassoura

Julia Donaldson

R$ 47,92

Brinque-Book

Bruxa, bruxa venha à minha festa

Arden Druce

R$ 59,90

Ficha Técnica

Título original: How to count crocodiles Páginas: 80 Formato: 23.00 X 27.00 cm Peso: 0.325 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 15/03/2004
ISBN: 978-85-7406-204-4 Selo: Companhia das Letrinhas Ilustração: Emily Bolam

SOBRE O LIVRO

Os contos populares - de índios e negros norte-americanos, de indianos e ingleses, de russos e japoneses - adaptados para crianças.

Como contar crocodilos é, sob todos os aspectos, uma obra encantadora. Aqui a autora Margaret Mayo reuniu oito contos populares, de nações e lugares tão afastados como a Indonésia e as planícies norte-americanas, o Japão e a Grã-Bretanha, a Grécia e as savanas africanas. Em seguida, recontou-os a seu modo, com doçura, emoção e simplicidade incomparáveis.
Neste livro, coelhos, leões, ursos, coiotes, tartarugas, corujas, macacos, crocodilos e muitos outros bichos nos dão lições de astúcia, de sabedoria, de convivência e de pura travessura. Exemplares, nesse sentido, são a calma coragem da Vovó Coelha, que enfrenta docemente um leão muito mandão, ou a esperteza de Mamãe Lebre, que, para que seus filhotes consigam brincar em paz, dá uma lição no Elefante e no Hipopótamo ao mesmo tempo.
Mas um aspecto fundamental, que faz deste um livro absolutamente único, são as maravilhosas ilustrações de Emily Bolam. Com um sentido intenso do colorido, um desenho claro e emotivo, suas composições integram perfeitamente o texto e a imagem, tornando a leitura um ato amoroso tanto para a criança como para o adulto.
Como contar crocodilos tem projeto gráfico primoroso e foi traduzido com grande sensibilidade por Heloisa Jahn.

Título Altamente Recomendável pela Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil - FNLIJ 1996, categoria tradução/criança

Sobre o autor

Prêmios