Home | Livros | Companhia de Bolso | 26 POETAS HOJE
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

26 POETAS HOJE

Heloisa Buarque de Hollanda (Org.)

R$ 47,90

/ À vista

Apresentação

Reedição da mais importante antologia de poesia brasileira da década de 1970, que completa 45 anos.

Frequentemente comprados juntos

Companhia de Bolso

26 poetas hoje

Heloisa Buarque de Hollanda (Org.)

R$ 47,90

Companhia das Letras

As 29 poetas hoje

Várias autoras

R$ 77,90

Zahar

Por um feminismo afro-latino-americano

Lélia Gonzalez

R$ 50,32

Preço total de

R$ 176,12

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

O ar que me falta

Luiz Schwarcz

R$ 67,90

Companhia de Bolso

Niketche (Edição de bolso)

Paulina Chiziane

R$ 47,90

Zahar

Por um feminismo afro-latino-americano

Lélia Gonzalez

R$ 50,32

Companhia das Letras

O avesso da pele - Vencedor Jabuti 2021

Jeferson Tenório

R$ 65,61

Companhia das Letras

O som do rugido da onça - Vencedor Jabuti 2022

Micheliny Verunschk

R$ 47,53

Companhia das Letras

Um útero é do tamanho de um punho

Angélica Freitas

R$ 37,90

Ficha Técnica

Páginas: 280 Formato: 12.50 X 18.00 cm Peso: 0.233 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 24/02/2021
ISBN: 978-65-5921-007-7 Selo: Companhia de Bolso Capa: Elisa von Randow Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Reedição da mais importante antologia de poesia brasileira da década de 1970, que completa 45 anos.

O ano é 1976. Em meio à censura e à repressão da ditadura, numa época batizada por Zuenir Ventura de "vazio cultural", a professora e escritora Heloisa Buarque de Hollanda publicou uma antologia que causou furor. 26 poetas hoje trazia a atmosfera coloquial e irreverente que conflagraria a década de 1970, também chamada de geração mimeógrafo ou geração marginal. Eram poetas que estavam à margem do circuito das grandes editoras e que produziam seus livros de maneira artesanal, em casa, em pequenas tiragens vendidas em centros culturais, bares e nas portas dos cinemas.
Ao reunir poetas que engrossavam o caldo da contracultura, o livro foi uma resposta direta aos anos de chumbo e se tornou um clássico da poesia brasileira, referência incontornável para escritores e leitores de poesia.

Participam: Francisco Alvim, Zuca Saldanha, Antonio Carlos de Brito (Cacaso), Roberto Piva, Torquato Neto, José Carlos Capinan, Roberto Schwarz, Zulmira Ribeiro Tavares, Afonso Henriques Neto, Vera Pedrosa, Antonio Carlos Secchin, Flávio Aguiar, Ana Cristina Cesar, Geraldo Eduardo Carneiro, João Carlos Pádua, Luiz Olavo Fontes, Eudoro Augusto, Waly Sailormoon, Ricardo G. Ramos, Leomar Fróes, Isabel Câmara, Chacal, Charles, Bernardo Vilhena, Leila Miccolis e Adauto de Souza Santos.

Sobre o autor