Home | Livros | Clássicos Zahar | ATÉ O ÚLTIMO FANTASMA: EDIÇÃO BOLSO DE LUXO
CLIQUE PARA AMPLIAR

ATÉ O ÚLTIMO FANTASMA: EDIÇÃO BOLSO DE LUXO

Contos fantásticos

Henry James
José Paulo Paes (Org.)
Tradução: José Paulo Paes

R$ 59,90

/ À vista

Apresentação

O ponto alto da vertente fantástica de Henry James.

Frequentemente comprados juntos

Clássicos Zahar

Até o último fantasma: edição bolso de luxo

Henry James

R$ 59,90

Penguin-Companhia

Ilusões perdidas

Honoré de Balzac

R$ 84,90

Companhia das Letras

As vozes da metrópole

Ruy Castro

R$ 99,90

Preço total de

R$ 244,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Penguin-Companhia

Passeio ao farol

Virginia Woolf

R$ 54,90

Clássicos Zahar

Memórias póstumas de Brás Cubas: edição bolso de luxo

Machado de Assis

R$ 59,90

Penguin-Companhia

Na Terra e no Céu

Francesco Petrarca

R$ 49,90

Companhia das Letras

Caminhando com os mortos

Micheliny Verunschk

R$ 64,90

Clássicos Zahar

As aventuras de Tom Sawyer: edição comentada e ilustrada

MARK TWAIN

R$ 89,90

Alfaguara

Primeira pessoa do singular

Haruki Murakami

R$ 69,90

Companhia das Letras

Livro do desassossego (Edição revista e atualizada)

Fernando Pessoa

R$ 106,17

Alfaguara

A língua submersa

Manoel Herzog

R$ 79,90

Companhia das Letras

Todos os diários - Volume I

Lúcio Cardoso

R$ 139,90

Ficha Técnica

Páginas: 248 Formato: 12.60 X 17.60 cm Peso: 0.297 kg Acabamento: Livro capa dura Lançamento: 02/06/2023
ISBN: 978-65-8495-204-1 Selo: Clássicos Zahar Capa: Rafael Nobre Ilustração:

SOBRE O LIVRO

O ponto alto da vertente fantástica de Henry James.

Os cinco contos reunidos em Até o último fantasma representam o que há de melhor na obra de caráter fantasmático de Henry James, um dos mais influentes autores de língua inglesa do século XIX. Selecionados, traduzidos e apresentados por José Paulo Paes, os textos foram escritos entre 1891 e 1908 e, em tom de fina ironia, mesclam realidade e imaginação de forma brilhante.
"Sir Edmund Orne" abre a coleção com um fantasma que aparece para sua ex-noiva e para o narrador, que acaba de se apaixonar por ela. Em "A coisa realmente certa", um espectro tenta evitar que sua biografia seja escrita. Já em "Os amigos dos amigos", o universo parece conspirar para que duas pessoas com muito em comum não consigam se encontrar, e "O grande e bom lugar" narra com humor as queixas de um escritor cansado do sucesso. Por fim, considerado o auge da representação do fantástico na obra do autor, "A bela esquina" fecha o volume com o encontro de um homem e seu próprio fantasma.

Sobre o autor