Home | Livros | Companhia das Letras | NA AMÉRICA
CLIQUE PARA AMPLIAR

NA AMÉRICA

Susan Sontag
Tradução: Rubens Figueiredo

Apresentação

Uma grande atriz polonesa emigra para os Estados Unidos no final do século XIX e constrói ali uma carreira ainda mais triunfante. Sontag tematiza a imagem da América, a busca pela autotransformação, o destino do idealismo, o conflito natureza/cultura, os muitos tipos de amor e as narrativas e seus narradores. National Book Award 2000.

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

O AMANTE DO VULCÃO

Susan Sontag

R$ 87,90

Indisponível

Companhia das Letras

Assim vivemos agora

Susan Sontag

R$ 47,90

Indisponível

Companhia das Letras

Diante da dor dos outros

Susan Sontag

R$ 54,90

Indisponível

Companhia de Bolso

A vontade radical

Susan Sontag

R$ 44,90

Companhia das Letras

Diários (1947-1963)

Susan Sontag

R$ 74,90

Indisponível

Companhia das Letras

Questão de ênfase

Susan Sontag

R$ 92,90

Indisponível

Companhia de Bolso

Doença como metáfora / Aids e suas metáforas

Susan Sontag

R$ 34,90

Companhia das Letras

Sobre fotografia

Susan Sontag

R$ 72,90

Indisponível

Companhia das Letras

Contra a interpretação

Susan Sontag

R$ 87,90

Companhia de Bolso

Questão de ênfase

Susan Sontag

R$ 52,90

Companhia das Letras

Lendo imagens

Alberto Manguel

R$ 87,90

Indisponível

Ficha Técnica

Título original: In america Páginas: 488 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.6 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 05/09/2001
ISBN: 978-85-3590-158-0 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Uma grande atriz polonesa emigra para os Estados Unidos no final do século XIX e constrói ali uma carreira ainda mais triunfante. Sontag tematiza a imagem da América, a busca pela autotransformação, o destino do idealismo, o conflito natureza/cultura, os muitos tipos de amor e as narrativas e seus narradores. National Book Award 2000.

Em 1876, um grupo de poloneses liderado por Maryna Zalezowska - personagem inspirada na atriz Helena Modjeska - emigra para os Estados Unidos e viaja através da Califórnia para fundar uma comunidade nos moldes do socialismo utópico. Considerada a rainha dos palcos, Maryna era também um símbolo do brio de sua nação: destacava-se no movimento de resistência às potências estrangeiras que submetiam a Polônia. Por que uma mulher assim, tão admirada pelos compatriotas, decide que a vida tomará outro rumo?Maryna tem um filho adolescente, mas não do marido atual, um conde que desconhece as origens do enteado. Ambos viajam com ela, e do grupo de emigrantes também faz parte um jovem escritor que segue a diva com os olhos da paixão.Valendo-se de um conjunto impressionante de dados históricos, Sontag recria com exuberância a América do final do século XIX e alimenta a narrativa com um retrato vivo dos palcos e dos bastidores do teatro. Fala-nos da busca de uma mulher pela autotransformação, do destino do idealismo, do conflito entre natureza e cultura, de muitos tipos de amor e, não menos importante, de narrativas e seus narradores. Pois este é um livro que talvez não tivesse sido escrito se a autora não fosse primeiro uma leitora apaixonada de romances, se não se entregasse com alegria e destemor ao mundo irresistível da ficção.

Sobre o autor

Prêmios