Home | Livros | Companhia das Letras | SINUCA EMBAIXO D'ÁGUA
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

SINUCA EMBAIXO D'ÁGUA

Carol Bensimon

R$ 64,90

/ À vista

Apresentação

Neste primeiro romance da jovem escritora gaúcha, sete narradores reconstroem suas vidas a partir da morte de uma garota em um acidente automobilístico. Esse acontecimento trágico leva os personagens a recompor seus afetos e seu olhar para o mundo.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Sinuca embaixo d'água

Carol Bensimon

R$ 64,90

Companhia das Letras

O clube dos jardineiros de fumaça

Carol Bensimon

R$ 79,90

Companhia das Letras

Todos nós adorávamos caubóis

Carol Bensimon

R$ 59,42

Preço total de

R$ 204,22

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

O clube dos jardineiros de fumaça

Carol Bensimon

R$ 79,90

Companhia das Letras

Todos nós adorávamos caubóis

Carol Bensimon

R$ 59,42

Companhia das Letras

Felicidade demais

Alice Munro

R$ 69,90

Companhia das Letras

O único final feliz para uma história de amor é um acidente

João Paulo Cuenca

R$ 59,90

Companhia das Letras

Enterre seus mortos

Ana Paula Maia

R$ 42,42

Companhia das Letras

Como se estivéssemos em palimpsesto de putas

Elvira Vigna

R$ 64,90

Companhia das Letras

O amor de uma boa mulher

Alice Munro

R$ 79,90

Companhia das Letras

Prólogo, ato, epílogo

Fernanda Montenegro

R$ 79,90

Companhia das Letras

O amor dos homens avulsos

Victor Heringer

R$ 55,17

Ficha Técnica

Título original: Sinuca embaixo d'água Páginas: 144 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.215 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 18/08/2009
ISBN: 978-85-3591-514-3 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Neste primeiro romance da jovem escritora gaúcha, sete narradores reconstroem suas vidas a partir da morte de uma garota em um acidente automobilístico. Esse acontecimento trágico leva os personagens a recompor seus afetos e seu olhar para o mundo.

Sinuca embaixo d'água é uma história construída em torno de uma ausência. Sete personagens narram um momento de luto, depois que Antônia, uma garota na casa dos vinte anos, morreu num acidente de automóvel. Boa parte dos episódios transcorre no bar do Polaco. Às margens de um lago, os fundos do bar abrigam um salão de sinuca - metade do estabelecimento fica dentro d'água.
O local é frequentado por Camilo, irmão rebelde de Antônia, que tinha uma relação especial com a irmã: entre a adoração e o instinto protetor. Sua principal ocupação é montar e desmontar carros antigos.
O tímido e doce Bernardo era colega de faculdade de Antônia, com quem ela mantinha um romance platônico. É ele quem vai esboçar uma investigação sobre o acidente: estaria ela embriagada, transtornada por uma briga passional, fugindo, sendo seguida?
Bernardo e Camilo não são os únicos a se ocupar dessa ausência. Polaco, a jornalista Helena, o publicitário Gustavo, o vizinho Lucas e o forasteiro Santiago estão todos ligados, entre si e a Antônia, graças a esse acontecimento trágico, que instaura outro tempo, feito de memória, dificuldade de expressão e necessidade de um novo aprendizado.

Sobre o autor

Vídeo