Home | Livros | Companhia das Letras | UMA CERTA PAZ
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

UMA CERTA PAZ

Amós Oz
Tradução: Paulo Geiger

R$ 89,90

R$ 76,42

/ À vista

Apresentação

Em Uma certa paz, publicado originalmente em 1982 e uma das obras mais aclamadas de Amós Oz, acompanhamos Ionatan Lifschitz, um jovem de 26 anos frustrado com a vida regrada e monótona em um kibutz.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Uma certa paz

Amós Oz

R$ 76,42

Companhia das Letras

De amor e trevas

Amós Oz

R$ 93,42

Companhia das Letras

Meu Michel

Amós Oz

R$ 84,90

Preço total de

R$ 254,74

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

De amor e trevas

Amós Oz

R$ 93,42

Companhia das Letras

Cenas da vida na aldeia

Amós Oz

R$ 59,42

Companhia das Letras

O monte do mau conselho

Amós Oz

R$ 67,92

Companhia das Letras

Como curar um fanático

Amós Oz

R$ 59,90

Companhia das Letras

Pantera no porão

Amós Oz

R$ 59,42

Companhia das Letras

Conhecer uma mulher

Amós Oz

R$ 89,90

Companhia das Letras

Rimas da vida e da morte

Amós Oz

R$ 64,90

Indisponível

Ficha Técnica

Título original: A perfect peace Páginas: 400 Formato: 16.00 X 23.00 cm Peso: 0.606 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 27/10/2010
ISBN: 978-85-3591-746-8 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Em Uma certa paz, publicado originalmente em 1982 e uma das obras mais aclamadas de Amós Oz, acompanhamos Ionatan Lifschitz, um jovem de 26 anos frustrado com a vida regrada e monótona em um kibutz.

No inverno de 1965, Ionatan Lifschitz resolveu abandonar sua mulher e o kibutz onde nascera e crescera. Decidiu sair e começar uma vida nova. No entanto, a saída de Ionatan não se concretiza assim tão facilmente. Filho de Iulek, o líder da comunidade, sua insatisfação é contraposta à esperança que marcou a geração anterior. Os dilemas de Ionatan se agravam quando chega ao kibutz o sonhador Azaria Guitlin. Conversador, sempre repleto de opiniões, apaixonado pela ideia de um mundo justo, Azaria Guitlin é a antítese de Ionatan. Entre os dois se forma uma estranha amizade, que se torna ainda mais confusa quando Azaria se muda para a residência dos Lifschitz e se interessa por Rimona, a esposa que Ionatan negligencia e trata com desdém.
As difíceis relações familiares são a tônica desta obra de Amós Oz, que leva para o seio familiar as contradições e dificuldades políticas que o Estado de Israel enfrentava nos anos 1960, às vésperas da Guerra dos Seis Dias. Mais do que um retrato histórico, porém, Uma certa paz se revela uma meditação sobre o poder, a decepção e os relacionamentos amorosos. O talento de Oz está em não privilegiar um único ponto de vista. Pelo contrário, dá voz aos pensamentos das suas personagens, por mais rígidos e chocantes que sejam.

"A obra mais poderosa de Amós Oz." - The New York Times Book Review