Home | Livros | Companhia das Letras | DOUTOR JIVAGO
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

DOUTOR JIVAGO

Boris Pasternak

R$ 114,90

/ À vista
ou em até 2x no crédito de R$ 57,45

Apresentação

O maior e mais importante romance sobre a Rússia pós-revolucionária, que rendeu o Nobel a Boris Pasternak.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Doutor Jivago

Boris Pasternak

R$ 114,90

Alfaguara

Vida e destino

Vassili Grossman

R$ 114,90

Companhia das Letras

Luz em agosto

William Faulkner

R$ 104,90

Preço total de

R$ 334,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Alfaguara

Vida e destino

Vassili Grossman

R$ 114,90

Companhia das Letras

A montanha mágica

Thomas Mann

R$ 109,90

Companhia das Letras

Grande sertão: veredas

João Guimarães Rosa

R$ 99,90

Companhia das Letras

Luz em agosto

William Faulkner

R$ 104,90

Indisponível

Companhia das Letras

Doutor fausto

Thomas Mann

R$ 99,90

Indisponível

Companhia das Letras

Contos completos

Liev Tolstói

R$ 219,90

Companhia das Letras

O jogo da amarelinha

Julio Cortázar

R$ 99,92

Ficha Técnica

Título original: Doutor Jivago Páginas: 616 Formato: 16.00 X 23.00 cm Peso: 1.053 kg Acabamento: Livro capa dura Lançamento: 23/11/2017
ISBN: 978-85-3593-013-9 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

O maior e mais importante romance sobre a Rússia pós-revolucionária, que rendeu o Nobel a Boris Pasternak.

Publicado originalmente em 1957 fora da União Soviética, após ser banido pela censura do Partido Comunista, Doutor Jivago, que só seria lido por seus conterrâneos em 1987 – 27 anos após a morte de seu autor –, continua sendo o maior e mais importante romance da Rússia pós-revolucionária.
Nele, Boris Pasternak traz à luz o drama e a imensidão da Revolução Russa pela história do médico e poeta Iúri Andréievitch Jivago em seu constante esforço de se colocar em consonância com a Revolução. Por seus olhos hesitantes o leitor testemunha a eclosão e as consequências deste que foi um dos eventos mais decisivos do século. Em tempos em que a simples aspiração a uma vida normal é desprovida de qualquer esperança, o amor de Jivago por Lara e sua crença no indivíduo ganham contornos de um ato de resistência.
Seguindo a grande tradição do romance épico russo, Pasternak evoca um período historicamente crucial e nele retraça um panorama completo da sociedade da época.

Sobre o autor