Home | Livros | Companhia das Letras | MENINOS DE ZINCO
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

MENINOS DE ZINCO

Svetlana Aleksiévitch
Tradução: Cecília Rosas
Previsão de reimpressão: 03/2024

Apresentação

A brutalidade da guerra soviético-afegã é retratada neste livro extraordinário, com o olhar sempre preciso e humano de Svetlana Aleksiévitch.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Meninos de Zinco

Svetlana Aleksiévitch

R$ 67,90

Companhia das Letras

As últimas testemunhas

Svetlana Aleksiévitch

R$ 72,90

Companhia das Letras

O fim do homem soviético

Svetlana Aleksiévitch

R$ 82,90

Preço total de

R$ 223,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

As últimas testemunhas

Svetlana Aleksiévitch

R$ 72,90

Indisponível

Companhia das Letras

O fim do homem soviético

Svetlana Aleksiévitch

R$ 82,90

Companhia das Letras

A guerra não tem rosto de mulher

Svetlana Aleksiévitch

R$ 67,90

Alfaguara

O assassinato do comendador - Vol. 2

Haruki Murakami

R$ 74,90

Companhia das Letras

Grande sertão: veredas

João Guimarães Rosa

R$ 99,90

Companhia das Letras

A menininha do Hotel Metropol

Liudmila Petruchévskaia

R$ 77,90

Companhia das Letras

O jogo da amarelinha

Julio Cortázar

R$ 99,92

Companhia das Letras

As pequenas virtudes

Natalia Ginzburg

R$ 57,90

Objetiva

Martinho Lutero

Lyndal Roper

R$ 91,92

Companhia de Bolso

Questão de ênfase

Susan Sontag

R$ 52,90

Ficha Técnica

Título original: Zinky boys Páginas: 368 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.443 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 28/02/2020
ISBN: 978-85-3593-314-7 Selo: Companhia das Letras Capa: Daniel Trench Ilustração:

SOBRE O LIVRO

A brutalidade da guerra soviético-afegã é retratada neste livro extraordinário, com o olhar sempre preciso e humano de Svetlana Aleksiévitch.

Entre 1979 e 1989, as tropas soviéticas se envolveram em uma guerra devastadora no Afeganistão, que causou milhares de baixas em ambos os lados. Enquanto a URSS falava de uma missão de "manutenção da paz", levas e levas de mortos eram enviadas de volta para casa em caixões de zinco lacrados. Este livro apresenta os testemunhos honestos de soldados, médicos, enfermeiras, mães, esposas e irmãos que descrevem os efeitos duradouros da guerra.

Ao tecer suas histórias, Svetlana Aleksiévitch nos mostra a verdade sobre o conflito soviético-afegão: a destruição e a beleza de pequenos momentos cotidianos, a vergonha dos veteranos que retornaram, as preocupações com todos que ficaram para trás. Publicado pela primeira vez em 1991, Meninos de zinco provocou enorme controvérsia por seu olhar perspicaz e angustiante sobre as realidades da guerra.

"A proeza de Aleksiévitch elevou a história oral a uma dimensão totalmente diversa." -- Antony Beevor

Sobre o autor