Home | Livros | Companhia das Letras | 50 POEMAS MACABROS
CLIQUE PARA AMPLIAR

50 POEMAS MACABROS

Vinicius de Moraes
Daniel Gil (Org.)

R$ 84,90

/ À vista

Apresentação

A face sombria de um dos grandes poetas da língua portuguesa, em antologia ilustrada e com poemas inéditos.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

50 poemas macabros

Vinicius de Moraes

R$ 84,90

Companhia de Bolso

Orientalismo

Edward W. Said

R$ 62,90

Companhia das Letras

O ovo da serpente

Consuelo Dieguez

R$ 99,90

Preço total de

R$ 247,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

Admirável novo mundo

Bernardo Esteves

R$ 104,90

Companhia das Letras

Trilogia de Copenhagen

Tove Ditlevsen

R$ 79,90

Companhia das Letrinhas

Alice através do espelho... e o que ela encontrou lá

Lewis Carroll

R$ 64,90

Penguin-Companhia

Metamorfoses

Ovídio

R$ 79,90

Alfaguara

Onde os velhos não têm vez (Nova edição)

Cormac McCarthy

R$ 74,90

Indisponível

Companhia das Letras

É a Ales - Autor vencedor do Nobel de literatura 2023

Jon Fosse

R$ 64,90

Companhia das Letras

Di Cavalcanti: modernista popular

Marcelo Bortoloti

R$ 134,90

Ficha Técnica

Páginas: 168 Formato: 13.70 X 21.00 cm Peso: 0.214 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 19/10/2023
ISBN: 978-85-3593-550-9 Selo: Companhia das Letras Capa: Claudia Warrak Ilustração: Alex Cerveny

SOBRE O LIVRO

A face sombria de um dos grandes poetas da língua portuguesa, em antologia ilustrada e com poemas inéditos.

Mais frequentemente lembrado por seus versos de amor, Vinicius de Moraes sempre cultivou um apreço pelo feio e o grotesco. Não que uma característica exclua a outra -- em sua poesia, o belo e o mórbido andam de mãos dadas.
Estes 50 poemas macabros apresentam ao leitor uma faceta que marca toda a produção do poeta, mas poucas vezes recebeu destaque como um dos principais atributos de sua obra. De cemitérios a campos de concentração, caminhando entre fantasmas ou corpos decompostos, está aqui o Vinicius fúnebre e escatológico, aquele que pode ser considerado, "com a devida atenção, o principal herdeiro no século XX da poesia grotesca levada a efeito por Cruz e Sousa e Augusto dos Anjos", como escreve Daniel Gil, que organiza a seleção e assina o posfácio.
Com projeto gráfico especial e ilustrada por Alex Cerveny, a antologia inclui ainda sete poemas inéditos, extraídos de documentos do Arquivo-Museu de Literatura Brasileira (AMLB) da Fundação Casa de Rui Barbosa: "A morte sem pedágio", "A consumação da carne", "Poema de aniversário", "Cara de fome", "Parábola do homem rico", "Desaparição de Tenório Júnior" e "O sórdido".

Sobre o autor