Home | Livros | Companhia das Letras | PRÓLOGOS COM UM PRÓLOGO DE PRÓLOGOS
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

PRÓLOGOS COM UM PRÓLOGO DE PRÓLOGOS

Jorge Luis Borges
Tradução: Josely Vianna Baptista

R$ 62,90

/ À vista

Apresentação

Publicados esparsamente em jornais e revistas, esses prólogos apontam para uma forma inovadora de exercício crítico e revelam as escolhas surpreendentes de Borges como leitor.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Prólogos com um prólogo de prólogos

Jorge Luis Borges

R$ 62,90

Companhia das Letras

Ensaio autobiográfico

Jorge Luis Borges

R$ 49,90

Companhia das Letras

Atlas

Jorge Luis Borges e María Kodama

R$ 74,90

Preço total de

R$ 187,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

Ensaio autobiográfico

Jorge Luis Borges

R$ 49,90

Indisponível

Companhia das Letras

História da eternidade

Jorge Luis Borges

R$ 54,90

Companhia das Letras

Borges oral & sete noites

Jorge Luis Borges

R$ 62,90

Indisponível

Companhia das Letras

O Martín Fierro, Para as seis cordas & Evaristo Carriego

Jorge Luis Borges

R$ 67,90

Companhia das Letras

Nove ensaios dantescos & a memória de Shakespeare

Jorge Luis Borges

R$ 49,90

Companhia das Letras

História universal da infâmia (1935)

Jorge Luis Borges

R$ 52,90

Ficha Técnica

Título original: Prólogos, con un prólogo de prólogos (1975) Páginas: 240 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.309 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 07/05/2010
ISBN: 978-85-3591-640-9 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Publicados esparsamente em jornais e revistas, esses prólogos apontam para uma forma inovadora de exercício crítico e revelam as escolhas surpreendentes de Borges como leitor.

Em 1975, quando foram reunidos pela primeira vez os exercícios críticos que Borges vinha publicando desde a década de 1930 na imprensa de seu país, muito se revelou do pensamento do maior escritor argentino do século XX. De sua leitura depreende-se não só a impressionante erudição do autor, mas também sua curiosa variedade de leituras - dos poetas gauchescos argentinos a E. A. Poe, de Cervantes a Lewis Carroll, de Gibbon a Kafka.
Redefinido por ele como uma "espécie lateral da crítica", o prólogo (normalmente um texto simples de apresentação) funcionou para Borges como instrumento incisivo de penetração na obra literária, revelando a teia subjacente de relações entre um livro e sua cultura, um autor e seus pares. Para o leitor, esses pequenos ensaios apresentam mais que o livro-tema: revelam o crítico literário de linguagem lapidar e bom humor convidativo que foi Borges.
Somando-se aos 14 volumes da coleção Biblioteca Borges, que desde 2000 vem trazendo ao público as obras completas do autor, Prólogos, com um prólogo de prólogos convida o leitor a reviver o percurso de descobertas e surpresas trilhado pelo mestre argentino.

Sobre o autor