Home | Livros | Companhia das Letras | ASSIM FOI AUSCHWITZ
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

ASSIM FOI AUSCHWITZ

Primo Levi e Leonardo De Benedetti
Tradução: Federico Carotti

R$ 57,90

/ À vista

Apresentação

O testemunho de um dos maiores horrores da história - contado com grande potência narrativa por quem esteve lá.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Assim foi Auschwitz

Primo Levi e Leonardo De Benedetti

R$ 57,90

Companhia das Letras

O jogo da amarelinha

Julio Cortázar

R$ 99,92

Companhia de Bolso

Homens em tempos sombrios

Hannah Arendt

R$ 52,90

Preço total de

R$ 210,72

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

A chave estrela

Primo Levi

R$ 62,90

Companhia de Bolso

Homens em tempos sombrios

Hannah Arendt

R$ 52,90

Indisponível

Companhia de Bolso

Origens do totalitarismo

Hannah Arendt

R$ 64,90

Companhia das Letras

O jogo da amarelinha

Julio Cortázar

R$ 99,92

Companhia das Letras

Sobre o autoritarismo brasileiro

Lilia Moritz Schwarcz

R$ 64,90

Companhia das Letras

A literatura nazista na América

Roberto Bolaño

R$ 67,90

Companhia das Letras

O que é fascismo?

George Orwell

R$ 44,90

Companhia das Letras

Viva la revolución - A era das utopias na América Latina

Eric Hobsbawm

R$ 82,90

Ficha Técnica

Título original: Così fu Auschwitz Páginas: 280 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.34 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 25/09/2015
ISBN: 978-85-3592-635-4 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

O testemunho de um dos maiores horrores da história - contado com grande potência narrativa por quem esteve lá.

Primo Levi era um químico de apenas 24 anos quando foi capturado pelas forças fascistas italianas e deportado para o campo de concentração de Auschwitz, a fábrica da morte construída pelo regime nazista para executar judeus, homossexuais, comunistas e ciganos. Em 1945, após sua libertação, militares soviéticos encarregaram Levi e outro prisioneiro, o médico Leonardo De Benedetti, de elaborar um relatório detalhado sobre as abomináveis condições de saúde dos campos. O resultado foi o "Relatório sobre Auschwitz", um testemunho extraordinário e pioneiro dos campos de concentração, e ainda hoje uma peça impressionante a respeito da prática clínica num lugar de desumanização e extermínio. Detalhes escabrosos, escatológicos e aviltantes a respeito do cotidiano de médicos, enfermeiros e pacientes são apresentados numa prosa sóbria, cristalina e antissentimental. Publicado em 1946 numa revista científica, o relato inauguraria o trabalho de Primo Levi como escritor - sua estreia oficial se deu no ano seguinte, com É isto um homem?. Nas quatro décadas seguintes, Primo Levi nunca deixaria de contar a experiência em Auschwitz em textos, a maioria inédita em livro, agora recolhidos neste volume. São relatos, depoimentos, cartas e comentários, publicados quase até as vésperas da morte de Levi, em 1987. Invocam, com o poder do testemunho e a desconcertante claridade de sua prosa, a agonia de milhões de pessoas que experimentaram o inferno em um sistema diabolicamente concebido para espoliar do homem tudo o que ele tem - seu corpo, sua esperança e, por fim, sua própria vida.

Sobre o autor