Home | Livros | Zahar | O CRU E O COZIDO
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

O CRU E O COZIDO

Claude Lévi-Strauss
Tradução: Beatriz Perrone-Moisés

R$ 129,90

/ À vista
ou em até 2x no crédito de R$ 64,95

Apresentação

A obra máxima de Lévi-Strauss, um marco na abordagem do pensamento indígena.

Frequentemente comprados juntos

Zahar

O cru e o cozido

Claude Lévi-Strauss

R$ 129,90

Companhia das Letras

Tristes trópicos

Claude Lévi-Strauss

R$ 119,90

Zahar

Do mel às cinzas

Claude Lévi-Strauss

R$ 159,90

Preço total de

R$ 409,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Zahar

Do mel às cinzas

Claude Lévi-Strauss

R$ 159,90

Zahar

Por uma revolução africana

Frantz Fanon

R$ 79,90

Zahar

Por um feminismo afro-latino-americano

Lélia Gonzalez

R$ 79,90

Companhia das Letras

O som do rugido da onça - Vencedor Jabuti 2022

Micheliny Verunschk

R$ 59,42

Zahar

Estranho familiar

Zygmunt Bauman Peter Haffner

R$ 64,90

Alfaguara

Debaixo do vulcão

Malcolm Lowry

R$ 99,90

Zahar

Linguagem do espírito

Jan Swafford

R$ 99,90

Ficha Técnica

Título original: Mythologiques 1: Le cru et le cuit Páginas: 512 Formato: 16.00 X 23.00 cm Peso: 0.779 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 05/04/2021
ISBN: 978-85-3781-902-9 Selo: Zahar Capa: Ilustração:

SOBRE O LIVRO

A obra máxima de Lévi-Strauss, um marco na abordagem do pensamento indígena.

Publicado originalmente em 1964, O cru e o cozido é o primeiro volume da extraordinária série Mitológicas, de Claude Lévi-Strauss. Partindo do mito de referência do "desaninhador de pássaros", colhido entre os Bororo do Brasil Central, o autor vai aos poucos mobilizando centenas de narrativas de todo o continente americano. São mitos que falam da passagem da natureza à cultura, do contínuo ao descontínuo, e revelam uma lógica nada arbitrária de ver e pensar o mundo, que se expressa não por categorias abstratas -- como os conceitos utilizados pela ciência --, mas por categorias empíricas como cru, cozido, podre, queimado, silêncio, barulho.
Ao desvelar a singularidade e a riqueza de um pensamento extremamente sofisticado e original, a obra de Lévi-Strauss lança luz sobre a inestimável contribuição da mitologia ameríndia para o conhecimento.
O cru e o cozido inaugura a edição dos quatro volumes das Mitológicas na Zahar. Arte da capa do artista Macuxi Jaider Esbell.

"Dessa obra mestra pode-se dizer muita coisa -- e sempre haverá mais. O fato é que só pode ser apreciada e fazer sentido na execução -- como música. É preciso que cada leitora e leitor execute com Lévi-Strauss cada passagem do texto, tendo como instrumento sua mente, feita 'lugar vazio onde algo acontece'." -- Do prefácio inédito de Beatriz Perrone-Moisés, tradutora da série.

Sobre o autor