Home | Livros | Companhia das Letras | ÀS SEIS EM PONTO
CLIQUE PARA AMPLIAR

ÀS SEIS EM PONTO

Elvira Vigna

R$ 52,90

/ À vista

Apresentação

Dissimular é o meio de vida de todas as personagens dessa narrativa. Maria Teresa, a narradora, aponta as mentiras alheias, mas é a primeira mentirosa. Quarto romance para adultos de Elvira Vigna.

Frequentemente comprados juntos

Companhia das Letras

Às seis em ponto

Elvira Vigna

R$ 52,90

Companhia das Letras

Coisas que os homens não entendem

Elvira Vigna

R$ 54,90

Companhia das Letras

A um passo

Elvira Vigna

R$ 59,90

Preço total de

R$ 167,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

Coisas que os homens não entendem

Elvira Vigna

R$ 54,90

Indisponível

Companhia das Letras

Deixei ele lá e vim

Elvira Vigna

R$ 54,90

Companhia das Letras

O assassinato de bebê martê

Elvira Vigna

R$ 42,90

Indisponível

Companhia das Letras

Como se estivéssemos em palimpsesto de putas

Elvira Vigna

R$ 62,90

Companhia das Letras

O que deu para fazer em matéria de história de amor

Elvira Vigna

R$ 54,90

Companhia das Letras

Antes do baile verde

Lygia Fagundes Telles

R$ 64,90

Indisponível

Companhia das Letras

O veredicto / Na colônia penal

Franz Kafka

R$ 47,90

Ficha Técnica

Título original: Às seis em ponto Páginas: 128 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.196 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 07/10/1998
ISBN: 978-85-7164-829-6 Selo: Companhia das Letras Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Dissimular é o meio de vida de todas as personagens dessa narrativa. Maria Teresa, a narradora, aponta as mentiras alheias, mas é a primeira mentirosa. Quarto romance para adultos de Elvira Vigna.

Há algo de podre nas personagens de Elvira Vigna. Elas podem ser altruístas, cínicas ou até mesmo ingênuas, não importa: todas têm o seu quê de perversidade, e qualquer esforço para dissimulá-lo sempre resulta em confissão. Só que mentir não é crime, é apenas o único meio de vida que elas conhecem - um meio risível porque, de alguma forma, acabam se confessando justamente a quem mente sem pudor.Para Maria Teresa, a narradora deste romance, seis em ponto é a hora de começar a mentir - para si mesma, para os outros, para o mundo. Dissimulada assumida, ela é também uma excelente cronista das mentiras alheias. O método que usa é astucioso mas não muito eficaz, pois no ir-e-vir desta narrativa sua própria verdade vai se revelando aos poucos, suave, inefável - e perversa.