Home | Livros | Penguin-Companhia | AS FLORES DO MAL
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

AS FLORES DO MAL

Charles Baudelaire
Tradução: Júlio Castañon Guimarães

R$ 77,90

/ À vista

Apresentação

Edição bilíngue de um dos mais influentes livros de poemas da modernidade. Obra poética completa de Baudelaire em nova tradução.

Frequentemente comprados juntos

Penguin-Companhia

As flores do mal

Charles Baudelaire

R$ 77,90

Penguin-Companhia

Ulysses

James Joyce

R$ 63,92

Penguin-Companhia

Madame Bovary

Gustave Flaubert

R$ 57,90

Preço total de

R$ 199,72

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia das Letras

Antes do baile verde

Lygia Fagundes Telles

R$ 64,90

Indisponível

Clássicos Zahar

Alice: edição bolso de luxo

Lewis Carroll

R$ 52,90

Indisponível

Alfaguara

Tempos ásperos

Mario Vargas Llosa

R$ 69,90

Suma

À espera de um milagre

Stephen King

R$ 84,90

Companhia das Letras

O tempo e o vento -- Parte III -- O arquipélago -- vols. I a III

Erico Verissimo

R$ 82,90

Quadrinhos na Cia

Scott Pilgrim contra o mundo, vol.2

Bryan Lee O'Malley

R$ 50,32

Companhia das Letrinhas

O Homem-Cão: O senhor das pulgas

Dav Pilkey

R$ 54,90

Alfaguara

Morte e vida Severina

João Cabral de Melo Neto

R$ 69,90

Penguin-Companhia

Memórias póstumas de Brás Cubas

Machado de Assis

R$ 49,90

Indisponível

Companhia das Letras

O homem que confundiu sua mulher com um chapéu

Oliver Sacks

R$ 82,90

Ficha Técnica

Título original: As flores do mal Páginas: 656 Formato: 13.00 X 20.00 cm Peso: 0.582 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 04/10/2019
ISBN: 978-85-8285-093-0 Selo: Penguin-Companhia Capa: Raul Loureiro Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Edição bilíngue de um dos mais influentes livros de poemas da modernidade. Obra poética completa de Baudelaire em nova tradução.

Grafado pelo autor originalmente com letra maiúscula, o "Mal" de Baudelaire é um conceito, uma percepção que perpassa a sua obra e expõe o caráter humano. Livro inovador, que nas palavras de Marcel Raymond e Paul Valéry funda uma espécie de "movimento poético contemporâneo", As flores do mal foi responsável por uma escandalosa transformação da literatura mundial ao misturar estilos elevados e populares, influenciando escritores como André Gide, Marcel Proust, James Joyce, Thomas Mann, entre outros.

A primeira edição, publicada em 1857, quando Baudelaire tinha 36 anos, logo se torna objeto de um processo judicial que culmina na proibição de seis poemas. A segunda edição, de 1861, suprime os poemas censurados e inclui outros 35. O poeta – também tradutor de Edgar Allan Poe e crítico de arte – foi alvo de discórdia também nos círculos literários. Conhecido por encarar a vida com uma paixão enfastiada, Baudelaire transformou o universo a sua volta em uma poesia forte, visceral e por vezes perniciosa.

Este volume bilíngue reúne toda a poesia de Baudelaire: As flores do mal tal como publicado em 1861 e os poemas acrescidos à edição póstuma de 1868, em uma edição especial que demonstra toda a potência de um autor ainda hoje "maldito".

Sobre o autor