Home | Livros | Companhia de Mesa | UMA BREVE HISTÓRIA DA BEBEDEIRA
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

UMA BREVE HISTÓRIA DA BEBEDEIRA

Como, onde e por que a humanidade tomou umas da Idade da Pedra até hoje

Mark Forsyth

Apresentação

A história da paixão por um bom drinque e as várias faces da bebedeira – dos nossos ancestrais até os dias de hoje.

Frequentemente comprados juntos

Companhia de Mesa

Uma breve história da bebedeira

Mark Forsyth

R$ 69,90

Companhia de Mesa

Cozinha confidencial

Anthony Bourdain

R$ 99,90

Companhia de Mesa

O homem que comeu de tudo

Jeffrey Steingarten

R$ 99,90

Preço total de

R$ 269,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Companhia de Mesa

O homem que comeu de tudo

Jeffrey Steingarten

R$ 99,90

Companhia de Mesa

Cozinha confidencial

Anthony Bourdain

R$ 99,90

Companhia de Mesa

A química dos bolos

Joyce Galvão

R$ 179,90

Companhia de Mesa

Menu para a semana

Amanda Hesser

R$ 139,90

Companhia de Mesa

Sal, gordura, ácido, calor

Samin Nosrat

R$ 229,90

Companhia de Mesa

Comida de verdade

Yotam Ottolenghi

R$ 199,90

Companhia de Mesa

As novas regras do vinho

Jon Bonné

R$ 89,90

Companhia de Mesa

Índia: sabores e sensações

Zeca Camargo Varunesh Tuli

R$ 129,90

Ficha Técnica

Páginas: 216 Formato: 14.00 X 21.00 cm Peso: 0.302 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 27/04/2018
ISBN: 978-85-9275-409-9 Selo: Companhia de Mesa Ilustração:

SOBRE O LIVRO

A história da paixão por um bom drinque e as várias faces da bebedeira – dos nossos ancestrais até os dias de hoje.

A história da paixão por um bom drinque e as várias faces da bebedeira -- dos nossos ancestrais até os dias de hoje.

A embriaguez é praticamente universal. Quase toda cultura no mundo tem bebida alcoólica. Os poucos que não se animavam muito -- como na América do Norte e na Austrália -- foram colonizados por outros bem entusiasmados.
Os livros de história gostam de contar que fulano ou sicrano bebiam, mas não explicam as minúcias da bebedeira. Como acontecia? Com quem? A que hora do dia? Beber sempre envolveu uma série de regras, raramente escritas.
É disso que esse livro trata. Não do álcool em si, mas da embriaguez: suas armadilhas e seus deuses. De Ninkasi, a deusa suméria da cerveja, aos quatrocentos coelhinhos bêbados do México.

Sobre o autor