Home | Livros | Penguin-Companhia | O ETERNO MARIDO
CLIQUE PARA AMPLIAR
Ler um trecho

O ETERNO MARIDO

Fiódor Dostoiévski
Tradução: Rubens Figueiredo
Previsão de reimpressão: 05/2024

Apresentação

Escrito entre Os demônios e O idiota e descrito pelo biógrafo Joseph Frank como "uma pequena obra-prima", O eterno marido traz Dostoiévski em sua melhor forma como um dissecador implacável das peculiaridades e fraquezas do caráter humano.

Frequentemente comprados juntos

Penguin-Companhia

O eterno marido

Fiódor Dostoiévski

R$ 49,90

Penguin-Companhia

Noites brancas

Fiódor Dostoiévski

R$ 44,90

Penguin-Companhia

O jogador - (Das memórias de um jovem)

Fiódor Dostoiévski

R$ 49,90

Preço total de

R$ 144,70

Adicionar ao carrinho

Você pode gostar também de

Penguin-Companhia

Noites brancas

Fiódor Dostoiévski

R$ 44,90

Indisponível

Penguin-Companhia

O jogador - (Das memórias de um jovem)

Fiódor Dostoiévski

R$ 49,90

Penguin-Companhia

O corcunda de Notre-Dame

Victor Hugo

R$ 74,90

Penguin-Companhia

O vermelho e o negro

Stendhal

R$ 79,90

Penguin-Companhia

Os miseráveis

Victor Hugo

R$ 139,90

Indisponível

Penguin-Companhia

David Copperfield

Charles Dickens

R$ 94,90

Penguin-Companhia

Os 120 dias de Sodoma

Marquês de Sade

R$ 59,90

Ficha Técnica

Título original: O eterno marido Páginas: 216 Formato: 13.00 X 20.00 cm Peso: 0.225 kg Acabamento: Livro brochura Lançamento: 31/08/2018
ISBN: 978-85-8285-073-2 Selo: Penguin-Companhia Ilustração:

SOBRE O LIVRO

Escrito entre Os demônios e O idiota e descrito pelo biógrafo Joseph Frank como "uma pequena obra-prima", O eterno marido traz Dostoiévski em sua melhor forma como um dissecador implacável das peculiaridades e fraquezas do caráter humano.

Escrito entre Os demônios e O idiota e descrito pelo biógrafo Joseph Frank como "uma pequena obra-prima", O eterno marido traz Dostoiévski em sua melhor forma como um dissecador implacável das peculiaridades e fraquezas do caráter humano.No meio da noite, um homem atende a uma batida na porta. O marido de uma antiga amante o espera na soleira, mas ele ainda não sabe se o romance foi descoberto. A partir dessa premissa, se estabelece um intenso debate intelectual, que levará os dois homens a conclusões devastadoras.Em O eterno marido, Dostoiévski destila toda a sua capacidade de construir enredos arrebatadores e ao mesmo tempo filosoficamente profundos. Ao revisitar temas caros ao autor, esta narrativa madura se revela um de seus romances curtos mais bem-acabados e uma das mais sensatas reflexões sobre a dualidade do amor.

Sobre o autor